MANIFESTO TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DO DIREITO NO BRASIL

Publicado em
MANIFESTO TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DO DIREITO NO BRASIL

Esse manifesto é um olhar de esperança para o presente. A mesma esperança que moveu a criação da AB2L em 2017. As novas tecnologias surgiram unidas a uma cultura colaborativa, uma gestão focada nas pessoas e o surgimento de sistemas cada vez mais integrados, com produtos e serviços focados no ser humano. A inovação jurídica significa abraçar com criatividade essas transformações e colocá-las a serviço de todos.

A AB2L vem apresentar à sociedade suas propostas considerando:

a) A crise existente devido a propagação do COVID-19;

b) A suspensão de todos os prazos até 30 de Abril de 2020 pela Resolução no. 313/2020 do CNJ;

c) O impacto econômico negativo na vida de milhares de advogados, escritórios e empresas que dependem do pleno funcionamento do judiciário.

É louvável os esforços das Lawtechs e Legaltechs, Escritórios de Advocacia, Departamentos Jurídicos, Autônomos, Tribunais, CNJ e Instituições que representam o Direito no Brasil para enfrentarem e se adaptarem a esse momento. Acreditamos mais do que nunca que a colaboração é essencial e as tecnologias são ferramentas indispensáveis e urgentes para juntos superarmos as adversidades atuais.

A fim de mitigar os efeitos negativos, a AB2L vem propor:

a) A progressiva retomada dos prazos do judiciário, antes da data prevista do dia 30/04/2020, segundo critérios e prioridades a serem estabelecidos pelo CNJ e pelos Tribunais de Justiça;

b) A adoção por todos de recursos tecnológicos para a realização de atos processuais online, audiências, mediação e conciliação online, perícias online, análise de dados e rotinas cartorárias, sempre que estes recursos forem passíveis de serem utilizados, sem ferir o direito das partes, à exemplo do que já tem acontecido em outros países, notadamente na Europa;

c) Manter a publicação online dos Diários Oficiais em todos os tribunais, de modo que permita às partes interessadas o acompanhamento tempestivo dos processos judiciais, conforme previsto na legislação.

Não temos aqui a pretensão de opinar sobre a quarentena, tipos de lockdown ou prazos para encerramento do isolamento social. Sabemos que o momento apresenta desafios, mas também acreditamos que esta é uma oportunidade única para que possamos avançar na caminhada de transformação digital do Judiciário Brasileiro.

Nos colocamos à total disposição de todos para colaborar ativamente nesse novo início do Direito no Brasil.

Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs
09 de abril de 2020

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Legaltech Verifact registra crescimento de 30% ao mês em 2022

Legaltech Verifact registra crescimento de 30% ao mês em 2022

O futuro da educação jurídica no Brasil

O futuro da educação jurídica no Brasil

Por que startups brasileiras têm demitido tanto? Entenda

Por que startups brasileiras têm demitido tanto? Entenda

A tecnologia mãe

A tecnologia mãe

Gestão de dados no contencioso: A Importância da eficiência dos processos e impacto no planejamento e tomada de decisão

Gestão de dados no contencioso: A Importância da eficiência dos processos e impacto no planejamento e tomada de decisão

Como o varejo e as big techs influenciam o direito

Como o varejo e as big techs influenciam o direito

Você é criativo (a), só talvez não saiba disso ainda

Você é criativo (a), só talvez não saiba disso ainda

Robôs já estão presentes na maioria dos tribunais do país

Robôs já estão presentes na maioria dos tribunais do país

EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.