IoT: Veja o que seis especialistas dizem sobre o futuro da tecnologia

Publicado em
IoT: Veja o que seis especialistas dizem sobre o futuro da tecnologia
Cidades inteligentes: Imagine uma cidade que pode mudar dinamicamente os tempos dos semáforos dependendo de fatores como acidentes ou chuva

De acordo com um estudo realizado pela consultoria McKinsey, o escritório jurídico Pereira Neto Advogados e o Centro de Pesquisa Desenvolvimento (CPqD), os impactos da Internet das Coisa s (IoT – Internet of Things, em inglês) pode resultar em movimentações de até US$ 200 bilhões por ano, a partir de 2025.

Além da questão econômica, o portal de notícias estadunidense, Business Insider, avalia que até 2020, cerca de 34 bilhões de dispositivos já estarão conectados à IoT . O que facilmente possibilita o desenvolvimento de novas ideias de negócios. Confira as apostas de seis especialistas:

1. Segurança digital

O co-fundador da Konduto, empresa responsável por oferecer soluções antifraudes para e-commerces, Tom Canabarro, avalia que à medida que a tecnologia evolui, os casos de ataques cibernéticos aumentam, e que inclusive há relatos de invasões hacker às babás eletrônicas. “A segurança cibernética tem muito para progredir. Imagine o que poderia acontecer com geladeiras, ar-condicionado e até marcapassos conectados à internet?”, exemplifica.

2. Streaming publicitário

Quem atua na área de publicidade sabe que os maiores desafios das agências têm sido otimizar o tempo das tomadas de decisões, agilizar o retorno às solicitações dos clientes, facilitar o acesso de novas mídias e fornecedores, bem como reduzir as despesas com idas e vindas de documentos e materiais publicitários para revisões e aprovações.

Diante desse cenário, o CEO da AdStream, plataforma mundial de armazenamento e distribuição de campanhas publicitárias, Celso Vergeiro, aponta que ter uma plataforma online como ferramenta de armazenamento, otimização de fluxo de trabalho e interação entre agência, anunciante e fornecedor é o que garantirá maior competitividade às empresas.

Leia também: Quanto vale suas informações genéticas? Startup transforma dados em negócio

3. Cenários preditivos

Segundo o CEO da upLexis, empresa de busca e estruturação de informações extraídas de grandes volumes de dados (Big Data), Eduardo Tardelli, cenário preditivos – função matemática que reconhece padrões ocultos, e de certa forma prever – vão imperar, uma vez que problemas e riscos serão identificados antes mesmo deles se concretizarem.

4. Inteligência Artificial no varejo físico

Embora o varejo físico inove pouco na transformação da experiência de compra, o COO da Propz, empresa voltada para soluções de inteligência artificial (IA) e big data para o varejo, Israel Nacaxe, diz que nos próximos anos a sociedade verá as ferramentas de IA crescerem. Ele argumenta que apenas o aprendizado da máquina é capaz de descobrir os padrões de comportamento do cliente e sugerir com real eficiência ofertas e estratégias promocionais, o que consequentemente aumentará as vendas.

5. Cidades Inteligentes

Imagine uma cidade que pode mudar dinamicamente os tempos dos semáforos dependendo de fatores como acidentes ou chuva, e até mesmo capaz de alterar os limites de velocidade dependendo da situação do trânsito. Assim serão as “cidades inteligentes”.

“O tempo que será salvo e a eficiência que será ganha pelo cidadão se tornarão um diferencial competitivo, fazendo com que as cidades atraiam investimentos, empregos e até turismo”, diz o sócio fundador da Cobli, startup especializada em rastreamento, telemetria e gestão de frotas, Rodrigo Mourad.

6. Plataformas wearables

“Vivemos na era da realidade virtual, aumentada e inteligência artificial. E para o futuro, podemos esperar devices wearables com lentes de contato capazes de gravar as imagens que estão sendo visualizadas – e porque não utilizar para comprar produtos? Com a realidade aumentada em lentes de contato o conteúdo integrado não seria mais um vídeo, show, comercial ou seriado, e sim imagens da vida da pessoa em tempo real”, avalia o vice-presidente de marketing global do Cinemall, tecnologia que permite a integração de produtos, marcas e serviços diretamente no conteúdo nas mais variadas plataformas, Anselmo Martini.

Se identificou com alguma das tendências da IoT?


Fonte: https://tecnologia-ig-com-br.cdn.ampproject.org/c/tecnologia.ig.com.br/2017-10-16/iot-tendencias.html.amp

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Inteligência artificial e Jurimetria: como a tecnologia influencia no Direito?

Inteligência artificial e Jurimetria: como a tecnologia influencia no Direito?

O fim do software jurídico no Brasil, por Vinícius Marques

O fim do software jurídico no Brasil, por Vinícius Marques

Assessorando negócios com startups

Assessorando negócios com startups

Metaverso será a próxima onda das ODRs? Uma disrupção sem fronteiras

Metaverso será a próxima onda das ODRs? Uma disrupção sem fronteiras

Decreto 11.129/22 e o programa de integridade nas empresas – o que muda?

Decreto 11.129/22 e o programa de integridade nas empresas - o que muda?

Quais são as habilidades do advogado do futuro?

Quais são as habilidades do advogado do futuro?

UNIÃO ESTÁVEL NO METAVERSO?

UNIÃO ESTÁVEL NO METAVERSO?

Como se darão as conexões no Metaverso (Em suas mais variadas searas)  

Como se darão as conexões no Metaverso (Em suas mais variadas searas)  

EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.