Inova TRT-SC recebe apoio do ecossistema de inovação e da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs.

Publicado em
Inova TRT-SC recebe apoio do ecossistema de inovação e da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs.

O Inova TRT-SC recebeu recentemente dois importantes apoios institucionais: o da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L) e o da Comunidade Empreendedora SC, que reúne os principais atores do ecossistema de inovação no estado. A primeira tem como propósito conectar o universo jurídico com a realidade 4.0, enquanto a segunda, estimular a inovação inspirando e conectando pessoas dos mais diversos ramos de atividade profissional.

A formalização do apoio ocorreu no dia 31, no TRT-SC, e contou com a presença da presidente do Tribunal, Mari Eleda, do advogado Sergio Cemin, membro da Comissão de Startups da OAB-SC, representando as entidades apoiadoras, da diretora-geral do Tribunal, Ana Paula Wronski, e do diretor de Tecnologia da Informação, Gustavo Ibarra.

O relacionamento entre as instituições iniciou no ano passado, quando o TRT-SC concedeu apoio institucional ao Lawtech Floripa Hackathon 2018 (LFH2018), maratona de desenvolvimento realizada pela Comunidade Empreendedora SC – o termo lawtech é usado para nomear startups que criam produtos e serviços de base tecnológica para melhorar o setor jurídico.

Realizado em julho, o evento recebeu 120 participantes com habilidades complementares (advogados, designers, tecnólogos e empreendedores) e teve a presença da desembargadora Mari Eleda, além da participação de uma equipe competidora do próprio Tribunal, liderada por Ibarra, Diretor de TI.

“Estamos empolgados com o Hackathon Inova TRT-SC por ser o primeiro do Poder Judiciário brasileiro e, especialmente, por ter a honra de ouvir as palavras da Exma. presidente Mari Eleda, no sentido de que a semente da inovação foi plantada a partir da ‘energia contagiante’ do LFH2018, destaca Sergio Cemin, especialista em tecnologia e inovação.

De acordo com o advogado, a conexão com a Comunidade Empreendedora SC é importante para aproximar o Tribunal do ecossistema catarinense de inovação. “O papel da AB2L, por seu turno, é relevante para interligar e fortalecer os laços do TRT-SC com as Lawtechs, pois no Brasil e no mundo existem muitas empresas, com aprendizados já validados e recepcionados pelo mercado, ansiosas para contribuir com riqueza de informações e base tecnológica para a Justiça do Trabalho”, avalia.

A AB2L possui mais de 160 startups jurídicas associadas, além de grupos de trabalhos em diversas áreas relativas a Direito e Tecnologia e presença tanto no setor público quanto privado. Atualmente, está acompanhando as atividades do Grupo de Trabalho e o diálogo aberto com o CNJ na formulação das políticas para o uso de dados públicos.

Fonte: http://www.trt12.jus.br/portal/areas/ascom/extranet/noticias/2019/agosto.jsp#n8

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
O fim do software jurídico no Brasil, por Vinícius Marques

O fim do software jurídico no Brasil, por Vinícius Marques

Assessorando negócios com startups

Assessorando negócios com startups

Metaverso será a próxima onda das ODRs? Uma disrupção sem fronteiras

Metaverso será a próxima onda das ODRs? Uma disrupção sem fronteiras

Decreto 11.129/22 e o programa de integridade nas empresas – o que muda?

Decreto 11.129/22 e o programa de integridade nas empresas - o que muda?

Quais são as habilidades do advogado do futuro?

Quais são as habilidades do advogado do futuro?

UNIÃO ESTÁVEL NO METAVERSO?

UNIÃO ESTÁVEL NO METAVERSO?

Como se darão as conexões no Metaverso (Em suas mais variadas searas)  

Como se darão as conexões no Metaverso (Em suas mais variadas searas)  

Blockchain na administração pública e o case Real Digital

Blockchain na administração pública e o case Real Digital

EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.