Pesquisar
Close this search box.

Solução de captura técnica de provas digitais da Verifact é utilizada pelo TSE e MPF

Tecnologia de coleta e preservação de provas digitais desenvolvida pela empresa Verifact, associada a AB2L, foi usada pelo Ministério Público Federal e Tribunal Superior Eleitoral nas últimas eleições
Publicado em
35288247962-b1ecf8d9b7-c

Por Verifact

O Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atuaram em parceria para fiscalização das eleições gerais em 2022 ao longo do ano, visando reforçar a fiscalização e evitar excessos. O objetivo desta atuação foi o combate às condutas ilegais e propagação de informações falsas.

Em apoio a esta atuação, as entidades firmaram um acordo com a empresa Verifact, para uso de sistema que possibilita a captura técnica de conteúdos da internet, como sites institucionais, blogs, redes sociais e aplicados web, como provas documentais digitais. O uso da ferramenta tecnológica assegura a integridade e imutabilidade dos conteúdos coletados, utilizados como prova em investigações e processos judiciais.

Em 2022, a tecnologia foi utilizada exclusivamente na fiscalização do processo eleitoral, devido ao grande volume de demandas e à necessidade de respostas rápidas. A tecnologia foi utilizada no combate a crimes eleitorais cometidos no meio digital e tem sido fundamental nas investigações conduzidas pelo Ministério Público Federal em relação aos atos antidemocráticos.

Segundo a instituição, a intenção é que o sistema também seja utilizado em outras áreas de atuação do Ministério Público.

Prédio do MPF –  Créditos da foto: Antônio Augusto / Secom / PGR

Sobre a Verifact

A empresa Verifact desenvolveu um sistema de captura técnica de provas digitais, único e patenteado. É um meio de coleta online de provas digitais, alternativo à ata notarial, ao que se refere a conteúdos da internet, tais como conversas de Whatsapp, Telegram, redes sociais, sites e e-mails.

O produto da Verifact tem validade jurídica e ampla aceitação na Justiça, sendo atualmente o único meio de coleta online de provas digitais com casos no STJ,1º e 2º graus. O sistema desenvolvido pela Verifact segue normas forenses internacionais e impede fraudes ou manipulações no conteúdo, durante a coleta e preservação, gerando em seguida uma prova de integridade e anterioridade. Como resultado obtido ao final de uma sessão de captura técnica, é emitido um relatório técnico certificado PDF com as telas capturadas durante a sessão, amplos metadados técnicos, além da possibilidade de emissão de vídeo de registro da navegação com áudio.

O sistema da Verifact permite que internautas coletem os conteúdos da internet de forma ágil e intuitiva como prova documental judicial, preservando todas as etapas aplicáveis da cadeia de custódia do Código de Processo Penal.

A solução tecnológica da Verifact tem usuários em todos os estados brasileiros. Como exemplo, grandes escritórios de advocacia, órgãos públicos como Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público dos Estados de SP (MPSP), BA(MPBA), PB (MPPB), PE (MPPE), MS(MPMS), Polícias Civis do Paraná, Bahia e Santa Catarina, grandes empresas como TIM, Banco BMG, Habibs, Electrolux, Veloce, Ticket, instituições financeiras, além de peritos técnicos forenses computacionais e pessoas físicas.

Tabela comparativa entre os principais meios de coleta de provas digitais de conteúdos da internet existentes.
COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
web-summit

Web Summit Rio: a força do empreendedorismo e da tecnologia

O Web Summit Rio nos mostrou que a ativação de grandes eventos como esse trouxe também benefícios intangíveis para nos estimular na capacidade de perceber novamente a partir do acesso àquilo que não conhecíamos e, com isso, o país só tem a ganhar
1_ticiano-36284834

Ticiano Gadêlha: Entre a lei e a inovação

A Lei Complementar nº 182, de 2021, conhecida como Marco Legal das Startups, é um exemplo de como o país busca fomentar o ecossistema de inovação, oferecendo um ambiente regulatório mais flexível e adaptado às peculiaridades dessas empresas
201021flavia11

B3 desenvolve plataforma para transações secundárias de startups

Infraestrutura será vendida em modelo white label para companhias de crowdfunding
tatiana coutinho

Ambientes Jurídicos mais Inclusivos: Uma Reflexão sobre Diversidade e Inclusão no Direito

Tatiana Coutinho, Associada à AB2L, recebe destaque no artigo "Ambientes Jurídicos mais Inclusivos: Uma Reflexão sobre Diversidade e Inclusão no Direito", do site Ela Jurista!
EMPRESAS ALIADAS E MANTENEDORAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.