Serpro lança portal LGPD para ajudar o país a proteger os dados do cidadão

Publicado em
serpro-lgpd

Como autoridade na Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, o Serpro lança, nesta quarta-feira (12), o site LGPD, contribuindo para a adequação aos princípios da lei, bem como fomentar a construção das alternativas que o novo ordenamento traz para que o Brasil dê um salto digital. A partir de hoje, o site já está disponível para as pessoas conheceremmais seus direitos e poderem contribuir com conteúdo sobre o assunto no portal.

O site, desenvolvido pelo Serpro, é resultado do comprometimento da empresa com a LGPD e traz, em seu ambiente, conteúdo dinâmico com vocação de serviço público, podendo governo, sociedade civil, academia, imprensa e cidadão colaborarem para que o desafio de explicar, entender e aplicar a lei seja cumprido.

As contribuições podem ser material autoral ou autorizado em diferentes formatos, como, por exemplo, artigos, notícias, pesquisas, depoimentos em texto, áudio e vídeos, sobre a LGPD ou temas correlatos, como tecnologia, serviços públicos, negócios, redes sociais, entre outros. Além disso, é possível que especialistas façam cadastro para compor um banco de fontes coletivo. Sugestões e comentários sobre o conteúdo do portal também são bem-vindos.

A proposta do site é “descomplicar” a LGPD e, de forma colaborativa, auxiliaros cidadãos a conhecerem seus direitos e a saberem exercê-los. Por outro lado, possibilitar que gestores de bancos de dados pessoais tenham àdisposição um espaço de estímulo à aplicação da nova lei, prevista paraentrar em vigor em 18 de agosto de 2020.

O Serpro tem, como compromisso, a segurança e a garantia da revolução tecnológica brasileira. A empresa pública de TI tem expertise em segurança da informação e, por isso, assumiu seu comprometimento com a lei e com tudo que ela representa de positivo para o cidadão e para o Brasil.

Estrutura

Em seu lançamento, o portal já traz conteúdos gerais sobre a LGPD, com visual e linguagem simples e didática, a partir de textos que abordam diretamento o assunto e imagens que ajudam a entender, por exemplo, sobre o por quê o tema proteção de dados pessoais é de fato relevante. No site, é possível também compreender o que muda na vida das pessoas, na rotina do governo, e nos modelos de negócio das empresas. Além disso, para dialogar de forma mais direta com segmentos atingidos pela lei, o portal traz as abas “cidadão”, “empresa” e “governo”, com informações específicas para esses públicos.

A aba “cidadão”, por exemplo, aborda o consentimento no contexto da lei, os direitos do titular dos dados, dicas sobre como se proteger. Já na aba “empresa”, é possível checar se a instituição está preparada para a LGPD, saber sobre o impacto da lei nos negócios ecomo se adequar. Em “governo”, há informações sobre o papel do poder público, como se adaptar e recomendações gerais.

Lançamento

O site foi oficialmente lançado pela empresa hoje, 12 de junho, no Dia dos Namorados. A campanha de lançamento abordou o conceito de que “Neste 12 de junho, o Serpro assume um novo compromisso. Honrar e respeitar a LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais”. A ideia da campanha surgiu da constatação de que “não dá para falar em segurança da informação, sem falar no Serpro. E não dá para falar em dados do cidadão, sem falar da LGPD”.

Acesse o LGPD

Fonte: Canaltech

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.