Rio ocupa primeiro lugar em tecnologia e inovação entre as cidades do país

Publicado em
Rio ocupa primeiro lugar

Desde 2018 fora da lista, o Rio figura novamente entre as dez cidades mais inteligentes do Brasil no Ranking Connected Smart Cities. O município foi eleito o primeiro lugar na categoria de tecnologia e inovação e o sétimo colocado geral.

Além disso, a cidade foi a segunda em destaque no eixo de empreendedorismo e a quarta em mobilidade. Ao todo, foram mapeados 677 municípios com mais de 50 000 habitantes na pesquisa, que classifica os locais com maior potencial de desenvolvimento.

No ranking geral, a primeira posição ficou com São Paulo (SP), seguida por Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Brasília (DF), Vitória (ES) e São Caetano do Sul (SP). Vizinha do Rio, Niterói também chegou ao top 10, classificada em nono lugar.

O estudo destaca que a implantação de novas tecnologias no Rio nos últimos meses contribuiu com a posição destacada. Quanto à iluminação pública, por exemplo, foram instaladas mais de 100 000 lâmpadas de LED, reduzindo 80% do consumo de energia. Ainda 350 000 devem ser implantadas até 2022.

Outro exemplo de investimento tecnológico é a expansão do Centro de Operações Rio (COR), que prevê a implantação de mais 10 000 câmeras de vigilância na cidade, 5 000 pontos de wi-fi e 9 000 sensores georreferenciados.

O plano também estabelece a criação do CORLab, espaço voltado para startups criarem soluções para temas como poluição atmosférica, inundações, mobilidade e deslizamentos.

Segundo o prefeito Eduardo Paes, o objetivo com essas ações é aproveitar as tecnologias para gerar impactos positivos, seguindo os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Sabemos que uma cidade realmente inteligente não é aquela que coloca um sensor a cada esquina. É preciso usar toda tecnologia disponível para tornar a cidade mais humana, sustentável, criativa, ética e justa”, afirma Paes.

Texto original de Luiza Maia, publicado pela Veja Rio

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
BGC

Streamers gamers apostam em um novo nicho: eventos proprietários

Brasil movimentará US$ 2,7 bi em negócios relacionados a games em 2022
carreira_profissoesdofuturo_24022021_Marko-Geber_GettyImages-3-768x512

No pain, no gain: tentativa e erro devem fazer parte da cultura das empresas da era digital

Atualmente as empresas procuram desencadear transformações digitais e se beneficiar de infraestruturas escaláveis e ágeis
acordo-online-negociacao-aperto-maos

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
jus-gif-2

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.