MPDFT convoca audiência pública para debater uso de tecnologias de reconhecimento facial

Publicado em
destaque_rosto

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, MPDFT, convocou audiência pública para debater o uso de ferramentas de reconhecimento facial por parte de setores empresariais e governamentais. O evento é organizado pela Unidade Especial de Proteção de Dados e Inteligência Artificial do MPDFT (Espec) e acontecerá na sede da instituição, dia 16 de abril, às 9h.

A audiência é aberta à participação do público. O MPDFT vai convidar representantes da sociedade civil organizada, representantes de setores empresariais que usam ferramentas de reconhecimento facial, de instituições públicas e do setor acadêmico. A expectativa é contar com as presenças do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), do Instituto Brasileiro de Direito Público, Polícia Federal, Receita Federal, Serpro e Denatran, além das empresas Certisign, CredDefense e Acesso Digital.

Segundo o promotor de Justiça Frederico Meinberg, coordenador da Espec, a expectativa é que a audiência fomente o debate sobre os benefícios e os riscos à privacidade, decorrentes do uso massificado da tecnologia de reconhecimento facial. “A participação da população e de todos os setores que se beneficiem dessa tecnologia é de extrema importância para respaldar futuras decisões dos órgãos reguladores”, explica.

Quem quiser participar como debatedor deverá enviar e-mail para dados@mpdft.mp.br. No pedido, é preciso apresentar a justificativa e informar o setor que representa. O edital de convocação será publicado na próxima semana, no site do MPDFT.

Despacho Ministerial: http://www.mpdft.mp.br/portal/pdf/noticias/mar%C3%A7o_2019/Despacho_Audiencia_Publica_2.pdf

Fonte: http://www.mpdft.mp.br/portal/index.php/comunicacao-menu/sala-de-imprensa/noticias/noticias-2019/10676-mpdft-convoca-audiencia-publica-para-debater-uso-de-tecnologias-de-reconhecimento-facial

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
BGC

Streamers gamers apostam em um novo nicho: eventos proprietários

Brasil movimentará US$ 2,7 bi em negócios relacionados a games em 2022
carreira_profissoesdofuturo_24022021_Marko-Geber_GettyImages-3-768x512

No pain, no gain: tentativa e erro devem fazer parte da cultura das empresas da era digital

Atualmente as empresas procuram desencadear transformações digitais e se beneficiar de infraestruturas escaláveis e ágeis
acordo-online-negociacao-aperto-maos

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
jus-gif-2

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.