Índia irá cobrar impostos por negociação e lucros com criptomoedas

Publicado em
Índia irá cobrar impostos por negociação e lucros com criptomoedas

O governo indiano deseja cobrar taxas pela negociação e pelos lucros obtidos com criptomoedas.

A notícia foi divulgada pelo Business Standard nesta quarta-feira (17), citando um funcionário sênior do Ministério das Finanças “a par do assunto”.

O funcionário disse que tanto os impostos sobre bens e serviços (IBS) pela negociação de criptomoedas como o imposto de renda (IR) por lucros de cripto serão cobrados neste ano fiscal, entre abril de 2020 a março de 2021.

Bitcoins serão classificados como serviços financeiros que atraem um IBS de 18% pela taxa de comissão obtida nesse segmento. Além disso, impostos (de renda pessoal) devem ser pagos pelos lucros obtidos”, afirmou o funcionário.

Rumores de que o governo indiano iria cobrar IBS por negociações cripto circulam desde dezembro de 2020.

Na época, o Departamento Central de Inteligência Econômica (CEIB) do Ministério das Finanças havia recomendado que o Comitê Central de Taxas Indiretas e Alfandegárias (CBIC) cobrasse um IBS de 18% de corretoras cripto, segundo Mitali Madhusmita, diretora-geral do CEIB.

Na época, Nischal Shetty, CEO da corretora indiana WazirXadquirida pela Binance, contou ao The Block que a corretora estava voluntariamente pagando um IBS de 18% sobre taxas de negociação coletadas de clientes.

Porém, a cobrança de taxas por investimentos em cripto não significa que o governo indiano irá legalizar criptomoedas.

“É bom deixar claro que só porque impostos de renda ou IBS foram cobrados na transação, não significa que a transação seja legítima”, disse um funcionário do ministério ao site The Hindu Business Line nesta quarta-feira (17). “A tributação e legalidade das transações não dependem uma da outra.”

É possível que a atividade de investimentos cripto na Índia seja banida por meio de um novo projeto de lei. Porém, essa proibição não será feita da noite para o dia, pois o governo terá de fornecer um período de transição entre três a seis meses para a liquidação de seus investimentos.

O texto final do projeto de lei ainda não está disponível. Espera-se que seja apresentado em uma das atuais sessões orçamentárias do Parlamento Indiano, que será concluída em 8 de abril, com um período de recesso entre 15 de fevereiro e 8 de março.

Fonte: MoneyTimes

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
3D Rendered Illustration of a Human Face Design.

IA x Homem: Advogado robô defenderá réu em julgamento real

Pela primeira vez na história uma inteligência artificial será usada em tribunal para defender um réu acusado de infringir leis de trânsito
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.