Construtora brasileira aceitará Bitcoin em comercialização de imóveis

Publicado em
02-Mesquita-Sampaio-Fachada-Detalhe-R03-600x338@2x

A construtora Galli Investimentos e Participações está lançando um empreendimento imobiliário que está aceitando Bitcoin (BTC) como forma de pagamento.

O valor a ser pago pelo comprador será embasado na cotação da criptomoeda no momento do pagamento, e aparentemente não terá a cobrança de taxas extras pelas transações.

Para tal propósito, a empresa aceitará Bitcoin e até poderá receber Ethereum (ETH) como forma de pagamento.

O complexo de apartamentos Extension Berrini da Galli Participações é um projeto inovador de apartamentos praticamente voltado para o público milênio (ou geração Y), e nessa transformação de gerações está empreendendo no modo de pagamentos do futuro, os criptoativos.

Em entrevista exclusiva para o Portal Bitnotícias o CEO da construtora, Ricardo Pucci, explicou os motivos que levaram a empresa a também introduzirem as criptomoedas como forma de pagamento.

Pucci acredita nos fundamentos e usabilidade da tecnologia blockchain como um meio revolucionário da internet do futuro, e assim acredita que as criptomoedas se tornarão a forma de pagamento mais usual das novas gerações.

De acordo com Pucci, até a problemática da pandemia aparecer o meio imobiliário era bastante atrasado nos quesitos de implementação digital.

Segundo ele, os mecanismos de formalização de contratos, autenticação de documentos, pagamentos e financiamentos, entre outros, ainda eram muito dependentes de terceiros, e nem um pouco digital.

Após o início da pandemia o setor se viu obrigado a evoluir, e neste contexto a implementação deste novo meio de pagamento seria uma ótima oportunidade de dar seguimento a esta evolução.

Pucci é um conhecedor das criptomoedas e fez questão de ressaltar as suas qualidades como sendo um meio de pagamento ágil e seguro, além de estar embasado numa tecnologia inovadora que eliminará prestadores de serviços e burocracias no meio habitacional.

Pucci ressaltou as qualidades do Bitcoin em detrimento a outros ativos como o dinheiro FIAT e o ouro, e ressaltou o modelo econômico dos criptoativos como reserva de valor.

De mais interessante foi o CEO da Galli preconizar que neste modelo de negócio de compra de imóveis, a criptomoeda Bitcoin seria utilizada única e exclusivamente como meio de pagamento.

Isto porque, a empresa não utilizará o ativo como reserva de valor futura, mas sim, manterá o seu conceito original desenhado por Satoshi Nakamoto de utilizar a criptomoeda como meio de pagamento.

Ainda no âmbito de preservar as características originais do protocolo Bitcoin, a empresa estimulará o cliente que optar pelo pagamento em criptomoedas a fazê-lo via P2P.

De acordo com Pucci, não foi difícil convencer os demais sócios da empresa a aceitarem pagamentos em Bitcoin, uma vez que o próprio empreendimento Extension Berrini traz modernidade em sua estrutura de apartamentos, área de lazer, e área social.

Este é o primeiro empreendimento da construtora Galli que está aceitando pagamentos com criptomoedas, e independentemente da aceitação desta nova forma de pagamento pelo público, a empresa pretende continuar oferecendo as criptomoedas como meio de pagamentos em empreendimentos futuros.

Fonte: bitnoticias

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.