Pesquisar
Close this search box.

Celsius defende mineração de bitcoin como fundamental para sua recuperação

Banco de criptomoedas entrou com pedido de proteção contra falência, listando um déficit de US$ 1,19 bilhão em seu balanço
Publicado em
bitcoin-forbesmoney
Imagem: Tevarak/Getty Images

Texto original publicado pela Forbes

A Celsius Network vê a mineração de bitcoin como fundamental para sua reestruturação, disse o banco de criptomoedas em audiência em tribunal de falências dos Estados Unidos no dia 17.

A Celsius recebeu aprovação do juiz de falências dos EUA Martin Glenn para gastar US$ 3,7 milhões na construção de uma nova instalação de mineração de bitcoin e US$ 1,5 milhão em taxas alfandegárias e impostos sobre importação de equipamento necessário à atividade.

Patrick Nash, advogado da Celsius, disse a Glenn que a mineração de bitcoin pode fornecer uma opção à empresa, que interrompeu operações de outros negócios, como empréstimos de criptomoedas, para reembolsar os clientes, cujos ativos foram congelados nas semanas que antecederam ao pedido de proteção contra falência da companhia.

“Em um mundo onde o mercado de criptomoedas se recupera, o negócio de mineração tem potencial para ser bastante valioso”, disse Nash.

Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
A Celsius entrou com pedido de proteção contra falência, listando um déficit de US$ 1,19 bilhão em seu balanço.

Um grupo de investidores em ações, porém, prevê uma potencial disputa pelo controle das operações de mineração de bitcoin.

Segundo Dennis Dunne, advogado dos investidores, eles podem argumentar que as moedas recém-extraídas devem ser consideradas propriedade da subsidiária do Reino Unido, empresa que levantou os fundos para a operação de mineração, em vez de serem distribuídas em benefício de todos os credores da Celsius.

Os clientes também podem se opor aos gastos com fornecedores para mineração de bitcoin em um momento em que a própria recuperação da Celsius está em dúvida, disse o órgão de fiscalização de falências do Departamento de Justiça dos EUA.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
SITE

INFORME AB2L | 2024

#03 06/24 Danilo Limoeiro, Co-Founder da Turivius e associado da AB2L, participa como expositor na Audiência Pública do
Lorena Lage e Robert Oliveira, sócios e cofundadores da L&O Advogados

L&O Advogados cresce 110% com preventivo jurídico no mercado de startups e inovação

Publicação Original, SEGS.com.br. Fundado por Lorena Lage e Robert Oliveira, escritório teve apenas duas ações judiciais em curso
Imagem

Especialista destaca a importância da tecnologia nas Operações Jurídicas na era digital

Allana Martins Vasconcelos Valsechi, Gerente de Operações Jurídicas e Analytics da Legal Insights, discute a evolução do setor e enfatiza a colaboração interdisciplinar e o planejamento estratégico.
SOS RS APP

SOS RS: Inovação e Solidariedade no Rio Grande do Sul

Em entrevista exclusiva para a CNN Brasil, o engenheiro Pedro Oliveira revelou como a plataforma SOS RS está
EMPRESAS ALIADAS E MANTENEDORAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.