Pesquisar
Close this search box.

O futuro do mundo jurídico com a inteligência artificial

No primeiro aniversário do programa Spectter, da Sem Processo, várias novidades.
Publicado em
61fc28f37cab83f8a8c79a2b_image 171
Imagem: Reprodução

Texto original publicado pela Sem Processo

Janeiro costuma trazer ventos promissores e ótimas notícias, e no Sem Processo não é diferente: foi exatamente há 1 ano que lançamos Spectter ao mundo jurídico. Caso ainda não conheça, essa é a nossa ferramenta que realiza múltiplas previsões na base processual e proporciona decisões assertivas com base em IA e Data Science.

Tem a ver com o Harvey Specter? ?

Sim! O nome foi realmente inspirado no personagem mais elegante de Suits. Algumas de suas maiores marcas – inteligência, confiança e competência – têm tudo a ver com o nosso Spectter. A racionalidade e a forma objetiva de resolver os litígios também são compartilhadas, e a distinção está na repetição do “t”. Percebeu?

Mas e as previsões? ?

Ah, nisso o advogado do escritório Pearson Hardman não consegue ser tão eficiente: o nosso tem uma acurácia que chega a 95%. Em Spectter utilizamos modelos preditivos que indicam as chances de êxito e o tempo de duração estimado para a resolução judicial de cada processo da sua base, além de sugerir o valor de alçada ideal para um acordo.

Como será o futuro? ?

Certamente dias com menos máscaras e mais sorrisos! Principalmente se você fizer uso de Spectter para tomar as decisões que melhoram os resultados da sua gestão jurídica. Você vai alcançar uma grande economia ao reduzir custos e conflitos desnecessários, fortalecendo o provisionamento, evitando a perda de tempo e otimizando esforços do setor.

> Conheça mais

Novas features de Spectter ?

Estamos diariamente otimizando as nossas soluções e dizemos que temos uma cultura beta contínuo. Por isso, claro, tem muita novidade chegando também em Spectter, e aproveitamos esta comemoração de 1º ano para convidar o Brenno a escrever um pouco sobre as tecnologias que serão implementadas ao longo das próximas semanas. Ele é o Data Scientist que coordena o projeto e também já colaborou no blog em outras oportunidades.

Diz, Brenno! ?

Fala, pessoal! Estamos trabalhando muito para trazer várias novidades, com foco em otimizar a análise de dados dentro da plataforma e deixar as previsões ainda mais robustas. O primeiro ano foi um sucesso, e ainda tem muito mais vindo por aí! Aqui vão umas pistas:

l – Base de dados

Estamos trabalhando para desenvolver uma base de dados própria do Spectter, com processos históricos de todo o Brasil. Isso possibilitará que empresas e/ou escritórios que não possuem uma base estruturada utilize a ferramenta e tenha acesso aos seus dados processuais.

ll – Processos Semelhantes

Além das previsões do Spectter, baseadas em inteligência artificial, queremos fornecer ainda mais informações para enriquecer a análise e ajudar na tomada de decisões. Com a base de dados própria, o Spectter será capaz de mostrar detalhadamente o que aconteceu com processos semelhantes, ou seja, do mesmo estado, vara, comarca e tribunal. Com isso, o cliente terá não só a inteligência de algoritmos para prever o futuro, mas também terá um embasamento a mais para identificar a taxa de perda, o tempo de duração e o valor ideal de alçada de processos com o mesmo comportamento.Além disso, vamos integrar o Spectter com o nosso produto focado em acordos judiciais, o Com Acordo. Essa integração vai trazer a taxa de economia e a taxa de acordo de processos semelhantes, possibilitando uma análise prévia do que poderia acontecer se o cliente jogasse o processo para acordo.

lll – Análise de Concorrentes

É muito importante entender também o que acontece com os processos dos concorrentes, ou seja, de empresas do mesmo nicho. Pensando nisso, o Spectter será capaz de informar para o cliente o comportamento da carteira processual de qualquer empresa, a partir da base de dados própria. Essas informações vão ajudar ainda mais na definição de regras de negócio e na tomada de decisão.

IV – Histórico de previsões

Na página de previsões, o cliente terá acesso a um histórico de previsões a partir das fases do processo. O Spectter vai ter uma linha do tempo de fases, e em cada fase, serão exibidas as previsões realizadas. Dessa forma, o cliente vai conseguir acompanhar a evolução das previsões a medida que o processo for caminhando para o seu desfecho.

V – Previsão de Valor de Perda

O Spectter terá o seu quinto modelo preditivo. Ele tem como objetivo complementar a previsão de perda processual, trazendo também uma previsão de valor de perda. Dessa forma, além de saber que um processo específico, por exemplo, tem uma alta probabilidade de perda, o cliente saberá também o valor que esse processo poderá custar futuramente e trabalhar para reduzir esse valor com uma possível negociação.

Vl – Motor de busca

A última feature consiste em um motor de busca inteligente para que o cliente consiga ter acesso a qualquer informação que desejar, seja aos autos de um processo, fazer uma busca de jurisprudência ou identificar o que aconteceu com um processo específico. Conectando a base de dados própria e a nossa ferramenta de captação do produto LawOp, vamos proporcionar um ambiente completo para uma análise detalhada dos dados processuais.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
web-summit

Web Summit Rio: a força do empreendedorismo e da tecnologia

O Web Summit Rio nos mostrou que a ativação de grandes eventos como esse trouxe também benefícios intangíveis para nos estimular na capacidade de perceber novamente a partir do acesso àquilo que não conhecíamos e, com isso, o país só tem a ganhar
1_ticiano-36284834

Ticiano Gadêlha: Entre a lei e a inovação

A Lei Complementar nº 182, de 2021, conhecida como Marco Legal das Startups, é um exemplo de como o país busca fomentar o ecossistema de inovação, oferecendo um ambiente regulatório mais flexível e adaptado às peculiaridades dessas empresas
201021flavia11

B3 desenvolve plataforma para transações secundárias de startups

Infraestrutura será vendida em modelo white label para companhias de crowdfunding
tatiana coutinho

Ambientes Jurídicos mais Inclusivos: Uma Reflexão sobre Diversidade e Inclusão no Direito

Tatiana Coutinho, Associada à AB2L, recebe destaque no artigo "Ambientes Jurídicos mais Inclusivos: Uma Reflexão sobre Diversidade e Inclusão no Direito", do site Ela Jurista!
EMPRESAS ALIADAS E MANTENEDORAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.