Pesquisar
Close this search box.

MIT diz que a blockchain será algo comum em 2019

Publicado em
aineuralnet

Segundo o artigo publicado pela Cointelegraph, nesta quarta-feira, 02 de janeiro, o MIT Technology Review publicou um artigo argumentando que 2019 é o ano em que a blockchain se tornará comum e normal. A Review é uma revista independente, mas de propriedade integral do Instituto de Tecnologia de Massachusetts Institute (MIT) dos Estados Unidos, um dos maiores centros de pesquisa de tecnologia do mundo.

O artigo dá uma visão geral sobre a história recente da blockchain, afirmando que a tecnologia era “uma revolução que deveria perturbar o sistema financeiro global” em 2017, mas que foi uma decepção em 2018 – à luz do declínio significativo nas avaliações todos os criptoativos baseados em blockchain.

No entanto, a Review argumenta que, no ápice do novo ano, muitos “projetos inovadores ainda estão vivos e até perto de dar frutos”. Juntamente com vários planos das grandes corporações de lançarem grandes projetos baseados em blockchain este ano. Por isso, 2019 é supostamente definido como “o ano em que a tecnologia blockchain finalmente se torna normal”.

Como um exemplo da iminente transformação do setor, a Review cita as próximas entradas de importantes players de Wall Street, como a Intercontinental Exchange (ICE), proprietária da bolsa de valores de Nova York (NYSE), e a gigante de investimentos Fidelity no ecossistema das criptomoedas.

Um outro exemplo, continua a Review, é o aprimoramento da tecnologia de contrato inteligente, que possibilitará seu uso em múltiplos contextos jurídicos – fazendo com que a máxima “código é lei” esteja um passo mais perto de tornar-se realidade.

O argumento final do artigo é que essa normalização da tecnologia e do setor implicará uma reformulação significativa da ideologia que deu origem às criptomoedas e blockchain seu primeiro ímpeto. As raízes das criptomoedas como um movimento anti-governo estão sendo derrubadas, afirma o artigo, pelo advento das criptomoedas estatais – sejam elas a já controversa criptomoeda apoiada pelo petróleo da Venezuela, o Petro, ou os planos de outros estados para suas próprias moedas apoiadas pelo Estado.

Outro exemplo dado é o endosso de explorar o caso das criptomoedas bancárias apoiadas pelos bancos centrais (CBDCs) pela chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em 2018.

 

Por Amanda Bastiani

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/mit-diz-que-a-blockchain-sera-algo-comum-em-2019/

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
SITE

INFORME AB2L

#22 07/24 Mais de 20 Associados da AB2L São Destaques no Leaders League Alliance Summit: Law & Innovation
Imagem: Leaders League Alliance Summit

Mantenedores da AB2L, Machado Meyer e Tozzini Freire, junto a associados, são Destaques no Leaders League Alliance Summit: Law & Innovation

O Leaders League Alliance Summit: Law & Innovation, evento que une o melhor do mundo corporativo, jurídico e
AB2L ESQUENTA PORTUGAL 25_06_24 59

AB2L em Expansão Global: Encontro Histórico em Portugal

No dia 25 de junho de 2024, representou um marco significativo para a Associação Brasileira de Lawtechs e
II Congresso AB2LEX de Direito e Novas Tecnologias, AB2L LAWTECH EXPERIENCE

AB2L Lawtech Experience 2024: Lançamento do Padrão de Interoperabilidade de Dados Jurídicos e Inovações Tecnológicas no Setor Jurídico

Publicação Original, Jornal Diário do Comércio MG. A Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L) realizará, no próximo dia 30,
EMPRESAS ALIADAS E MANTENEDORAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.