Elon Musk propõe comprar Twitter por US$ 41,5 bilhões

Dono da Tesla e da SpaceX já havia comprado quase 10% de participação na rede social na semana passada. Em carta ao presidente do Twitter, Musk oferece US$ 54,20 por ação e diz que vai reconsiderar ser acionista na companhia caso a proposta seja negada
Publicado em
elon-musk-reuters
Imagem: Reuters via BBC Brasil

Texto original publicado pelo G1

O bilionario Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX, fez uma proposta para adquirir o Twitter por mais de US$ 41 bilhões, algo em torno de R$ 197 bilhões, segundo um documento regulatório da rede social.

Musk, o homem mais rico do mundo, ofereceu ao Twitter US$ 54,20 por ação do grupo, em torno de R$ 255. O valor é 38% mais alto que o preço da ação da rede social até 1º de abril.

Na semana passada, o magnata já havia comprado uma participação de 9,2% da rede social. Após a compra, no entanto, ele rejeitou fazer parte do conselho de administração do Twitter.

Em uma carta à companhia, Musk afirmou que, caso a oferta não seja aceita, ele “reconsiderará” sua posição de acionista.

“Desde que fiz meu investimento, me dei conta de que a companhia não vai nem prosperar nem atender a esse imperativo social em sua forma atual. O Twitter precisa ser transformado em uma empresa privada”, escreveu em carta endereçada ao presidente do conselho da rede, Bret Taylor. “Esta é minha melhor oferta e a oferta final”.

O Twitter, segundo revelou uma fonte à agência de notícias Reuters, vai analisar a proposta de Musk e será aconselhado pelos bancos de investimentos Goldman Sachs & Co e pelo escritório de advocacia dos Estados Unidos Wilson Sonsini Goodrich & Rosati para tomar uma decisão.

Logo após o anúncio da intenção de compra da rede social por Elon Musk, as ações da companhia subiram 12%. Já as da Tesla caíram 1%.

Na terça-feira (12), ex-acionistas do Twitter processaram Elon Musk por ter demorado a divulgar oficialmente a compra de ações na rede social. O atraso fez com que o grupo perdesse o aumento no preço das ações da rede após o anúncio da participação de Musk.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.