Você e a Quarta Revolução Industrial

Publicado em
revolucao-industrial-tecnologia-emprego-ab2l

Segundo o Fórum Econômico Mundial, evento realizado anualmente em Davos, na Suíça, e que conta com a participação de chefes de estado, ministros, representantes de empresas, bancos e diversos grupos sociais, a Quarta Revolução Industrial já começou.

Desde o último ano, os participantes do Fórum têm abordado a questão do impacto na relação entre homens e tecnologia, o que invariavelmente afeta também o comportamento, as expectativas e os objetivos voltados a cada atuação profissional.

Mas, como esse cenário nos afeta no presente?

Hoje, temos muitas vezes como premissa para a qualificação de um bom profissional, elementos que sofrerão mudanças importantes a partir de 2020.

Ao contrário do que muitos procuram afirmar, a tecnologia não substituirá a atuação humana, mas irá transformá-la cada vez mais.

Por isso, competências fundamentais para os dias de hoje, tais como negociação e flexibilidade, deixarão de ser apenas desejáveis, para ocuparem um posto de fundamentais, pois com o ritmo acelerado da obtenção de dados por meio da tecnologia, será possível ter cada vez mais insumos, em um curto espaço de tempo, para atender, de maneira personalizada, a necessidade de cada cliente.

O que isso significa?

A partir de 2020, as competências profissionais serão compostas, exatamente, por competências humanas.

Inteligência Emocional, criatividade, pensamento crítico e gestão humanizada de pessoas serão a chave para que um profissional consiga êxito em sua atuação profissional.

Como podemos nos preparar?

Joe Biden, ex-vice-presidente dos Estados Unidos, destaca que a tecnologia foi a grande responsável pela mudança no perfil dos empregos.

Segundo Biden, a tecnologia avançada divorciou a produtividade do trabalho, o que significa que o mundo está produzindo mais do que nunca, mas com menos profissionais.

Para nos prepararmos, o economista e diplomata Marcos Troyjo, diretor do BRIClab da Universidade de Columbia, afirma que a solução está em aumentar os investimentos em treinamento para preparar verdadeiramente os colaboradores para estes novos desafios.

Uma questão é unânime entre todos os que participam do Fórum Econômico Mundial anualmente: a mudança não vai esperar por nós!

Por isso, líderes empresariais, educadores e Governos vão precisar ser proativos na melhoria das competências e na reciclagem/formação das pessoas no presente, para que todos possam se beneficiar da Quarta Revolução Industrial.

Pense nisso!


 

Fonte: http://www.mercadoeconsumo.com.br/2017/10/13/voce-e-a-quarta-revolucao-industrial/?utm_campaign=mc_news_2010&utm_medium=email&utm_source=RD+Station

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Business people using internet

Afinal, o que é Web 3.0 e qual sua relação com o Metalaw?

News-LEX

Inteligência artificial e Jurimetria: como a tecnologia influencia no Direito?

martelo

O fim do software jurídico no Brasil, por Vinícius Marques

Business people with startup rocket

Assessorando negócios com startups

Hands in a digital universe background

Metaverso será a próxima onda das ODRs? Uma disrupção sem fronteiras

dominoes-ge819e653e_1920

Decreto 11.129/22 e o programa de integridade nas empresas - o que muda?

Retinal biometrics technology with man’s eye digital remix

Quais são as habilidades do advogado do futuro?

Valentine's Day concept with tic tac toe on beige background

UNIÃO ESTÁVEL NO METAVERSO?

EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.