Qualificação Profissional Face aos Sistemas Produtivos da Quarta Revolução Industrial

Publicado em
revolucao4-0

De todas as transformações pelas quais passa o mundo do trabalho, a que chamamos de 4ª revolução industrial está emergindo como um grande desafio, porque a especialização profissional atinge um outro nível neste contexto, não mais restrito a uma área ou carreira, nem tão somente o incremento de procedimentos com os computadores: se observa uma verdadeira necessidade de articulação do conhecimento de muitos setores. Este novo perfil profissional surge com o conceito de indústria 4.0, no qual o trabalho na área de produção
requer o desenvolvimento de habilidades relacionadas não só à visão técnica, mas também à multidisciplinaridade, à colaboração, o domínio linguístico, o senso crítico e a flexibilidade, todas impregnadas por ambientes virtuais e ferramentas que requerem um alto nível de capacidades intelectivas. O campo da tecnologia da informação (TI) surge como requisito indispensável na formação do profissional, sem o que dificulta sua inserção nesta nova realidade. Isso não se refere a um uso genérico e indiscriminado de computadores, automatizando ou facilitando os processos de trabalho, mas de um novo modus operandi do profissional, no qual a sua atividade produtiva exigirá que ele desenvolva habilidades relacionadas ao uso de ferramentas e informações articuladas com os dados de sistemas cyber-físicos, bem como interagir com máquinas dotadas de Inteligência Artificial (I.A.). Como uma forma de ilustrar esta realidade, o artigo apresenta uma breve percepção do tema e avança ilustrando com uma experiência de uma produção musical baseada no conceito e método da indústria 4.0. Nesse sentido, poder-se-á identificar os aspectos da percepção aqui pretendida, bem como provocar com o exemplo aqui relatado a necessidade de atenção a esse fenômeno mundialmente em curso e que
seguramente atingirá países como o Brasil, já cronicamente afetado em seu desenvolvimento e realidade sociocultural devido a fatores de qualificação profissional e Educação.

Leia o artigo completo.

Por: Marco Brandão – Pesquisador membro do Grupo de Pesquisa I.A. e inclusão (ITS Rio), Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Fonte: ITsRio

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Business people using internet

Afinal, o que é Web 3.0 e qual sua relação com o Metalaw?

News-LEX

Inteligência artificial e Jurimetria: como a tecnologia influencia no Direito?

martelo

O fim do software jurídico no Brasil, por Vinícius Marques

Business people with startup rocket

Assessorando negócios com startups

Hands in a digital universe background

Metaverso será a próxima onda das ODRs? Uma disrupção sem fronteiras

dominoes-ge819e653e_1920

Decreto 11.129/22 e o programa de integridade nas empresas - o que muda?

Retinal biometrics technology with man’s eye digital remix

Quais são as habilidades do advogado do futuro?

Valentine's Day concept with tic tac toe on beige background

UNIÃO ESTÁVEL NO METAVERSO?

EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.