Tesla processa ex-funcionário e o acusa de roubar código de software

Publicado em
Tesla

A Tesla está processando o ex-funcionário e engenheiro de software Alex Khatilov sob alegação de roubo de segredo comercial e quebra de contrato. A companhia de Elon Musk afirma que Khatilov transferiu arquivos da rede interna relacionados ao software Warp Drive – usado para automatizar muitos dos processos de negócios da empresa – para sua conta pessoal do Dropbox.

Em entrevista ao jornal New York Post, o ex-funcionário disse que havia movido os arquivos para o seu Dropbox por engano. Aos investigadores, o engenheiro de software afirmou que “esqueceu” que tinha feito essa transferência de dados.

Alex Khatilov foi contratado pela Tesla em 28 de dezembro de 2020 para ajudar a equipe de garantia de qualidade a criar um software que pudesse automatizar tarefas ou processos de negócios relacionados ao meio ambiente, saúde e segurança. De acordo com a empresa, o roubo de arquivos aconteceu no dia 6 de janeiro.

Casos semelhantes já aconteceram recentemente. Em dezembro a companhia fez um acordo com o ex-técnico Martin Tripp, que admitiu ter vazado informações confidenciais para um repórter. Em 2019 foi a vez da startup autônoma Zoox ser processada por quatro de seus funcionários – que já haviam trabalhado na Tesla – roubar documentos confidenciais. Em abril de 2020 a Zoox admitiu o furto feito pelos acusados.

Um processo que está em andamento, no entanto, é o do ex-funcionário Guangzhi Cao, acusado de copiar o código-fonte do Autopilot para suas contas e dispositivos pessoais no final de 2018.

Tesla já vale mais que 13 montadoras famosas juntas

Atualmente, as ações da Tesla são negociadas a mais de US$ 800 – esse valor foi alcançado graças a um crescimento de mais de 700% em 2020 e mais 20% apenas neste início de ano.

Todo esse crescimento fez com que a empresa passasse a valer mais de US$ 800 bilhões – preço mais alto que o valor de mercado das dez maiores montadoras tradicionais do mundo juntas.

Especialistas do setor afirmam que o valor das ações pode chegar a US$ 1.000 ainda este ano. Isso faria com que a diferença de valor entre a Tesla e as outras montadoras se tornasse ainda maior.

Para se ter uma ideia, o valor de mercado da empresa que tem Elon Musk como CEO é maior que VolkswagenToyotaFordHondaGMFiat ChryslerBMWMercedes-BenzNissan e Hyundai. Para aproximar ainda mais o valor, PeugeotRenault e KIA podem ser adicionadas à lista.  

EmpresaValor de Mercado
TeslaUS$ 805,19 bilhões
ToyotaUS$ 245,79 bilhões
VolkswagenUS$ 95,92 bilhões
Mercedes-BenzUS$ 75,55 bilhões
General Motors (GM)US$ 68,86 bilhões
HyundaiUS$ 57,18 bilhões
BMWUS$ 54,85 bilhões
HondaUS$ 50,77 bilhões
FordUS$ 38,47 bilhões
Fiat ChryslerUS$ 28,16 bilhões
KIAUS$ 26,74 bilhões
PeugeotUS$ 24,36 bilhões
NissanUS$ 21,71 bilhões
RenaultUS$ 13,25 bilhões

Fonte: Reuters/Avenue Securities

Receita anual 

No entanto, a situação se inverte quando consideramos a receita anual de cada uma das montadoras. Cada um dos membros da lista acima, individualmente, obteve resultados acima dos da Tesla em 2019. Nos resultados do ano anterior, o feito deve se repetir.

A receita da Tesla em 2019, por exemplo, foi de US$ 24,6 bilhões. No caso da Volkswagen, no mesmo período, o valor foi de US$ 307,9 bilhões.  

Isso pode ser explicado principalmente porque a Tesla é uma empresa que, além de atuar no ramo automobilístico, atua no segmento de tecnologia. Por isso, acredita-se que a empresa precisa de uma forma de aumentar sua produção para mudar de patamar.  

Para entender esse cenário, basta observar que a companhia entregou 500 mil veículos em 2020, contra 75 milhões das dez montadoras citadas.  

“Acho que eles podem atingir 1 milhão de veículos [entregues anualmente] até 2022. E, seguindo essa direção, de 3 a 4 milhões ao entrarmos em 2025-26, com 40% vindo da China. Nos próximos 10 a 15 anos, podemos começar a pensar em 10 a 12 milhões de veículos anuais”, comenta Dan Ives, analista de tecnologia da Wedbush Securities, empresa voltada para o segmento de serviços financeiro e investimentos. 

Fonte: CNBC e CNN

Publicado originalmente em Olhar Digital

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.