Tecnologia Blockchain avança para as firmas de advocacia e corretoras de imóveis

Publicado em
img_6773.jpg

A maior empresa de propriedade comercial e investimento do Reino Unido disse que o blockchaindesenvolverá um papel absolutamente importante para seus negócios.

A Land Seciruties Group (ou Landsec), possui e gerencia milhares de propriedades comerciais. Desde escritórios em Londres e lojas de rua até shoppings centers e outlets. É proprietária também dos anúncios Piccadilly Lights no Piccadilly Circus, na capital inglesa.

Em uma entrevista para a CNBC, Robert Noel, CEO da Landsec, foi questionado se o blockchain seria usado pela empresa. Ele disse:

“Absolutamente…Se você olhar para o que fornecemos, que são serviços para empresas geridos por contratos; qualquer coisa que acelere a arcaica lei de terras e arrendamentos será bem vinda”

Com o uso da tecnologia nos serviços da Landsec isto poderia ajudar a acelerar os processos, particularmente aqueles que requerem a assinatura de contratos e uma grande quantidade documentos impressos. Por sua vez, ajudaria a diminuir o tempo de ida e volta da papelada entre partes variadas, já que através do blockchain cada parte envolvida teria acesso a uma copia imutável do acordo.

Dessa forma, o contrato seria executado automaticamente quando cada parte completasse sua função no processo. Noel afirma, no entanto, que a tecnologia não reduziria o número de advogados da companhia.

Blockchain é o futuro?

Hoje em dia, a medida que o livro contábil ganha destaque em uma variedade de indústrias e em vários casos de uso, as empresas estão percebendo os benefícios que o blockchain pode proporcionar. Tanto que escritórios de advocacia estão experimentando a tecnologia para determinar seus impactos nos processos manuais que eles atualmente realizam.

Em fevereiro, foi relatado que uma firma de advogados associados em Nova York estava investigando a possibilidade do Blockchain eliminar muitas das etapas necessárias para a execução de contratos inteligentes. O escritório Hogan Lovells, analisou como a tecnologia poderia executar acordos automaticamente sem intervenção humana, liberando, assim, o tempo dos advogados.

Enquanto o livro contábil está fornecendo a resposta para muitas companhias, este fato poderia significar o fim das firmas corporativas como as conhecemos? Talvez. Em junho passado, a Allens, uma das maiores firmas da Austrália, enviou um relatório para seus clientes informando que o futuro do modelo de negócios com o qual os advogados se beneficiam, muitas vezes devido a falta de confiança entre as organizações que trabalham umas com as outras, estava ameaçado por computadores. E essa ameaça se traduz no blockchain.

Por Camila Marinho

Fonte: CCN

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.