Tailândia usará blockchain para coletar impostos sobre bens de forma mais eficiente

Publicado em
excise-department-tailandia-impostos

Departamento de Impostos Especiais da Tailândia planeja usar a tecnologia blockchain na implementação de um novo sistema que coleta impostos de forma eficiente em vez de aumentá-los, segundo artigo do Bangkok Post.

O Departamento de Impostos Especiais (do inglês “Excise Department”), parte do Ministério das Finanças do país, é responsável pela coleta de impostos sobre a venda de produtos e bens fabricados e vendidos.

Segundo o artigo, a meta fiscal para 2021 é de aproximadamente 530 bilhões de bahts tailandeses.

O departamento utilizará a tecnologia blockchain para ajudar a identificar o preço, a taxa de importação e a responsabilidade fiscal de cada produto importado, de acordo com Lavaron Sangsnit, diretor-geral do Departamento.

A ideia é que a tecnologia blockchain dificulte a evasão fiscal porque o Departamento de Impostos Especiais, além do Departamento da Receita e do Departamento da Alfândega, terão a mesma base de dados para realizar as auditorias fiscais, acrescentou ele.

O Departamento de Impostos Especiais começou a planejar essa implementação no ano passado, a fim de criar um sistema baseado blockchain para avaliar as declarações fiscais sobre exportações de petróleo, que totalizam ⅔ da receita total coletada pelo departamento.

Fonte: Money Times

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
BGC

Streamers gamers apostam em um novo nicho: eventos proprietários

Brasil movimentará US$ 2,7 bi em negócios relacionados a games em 2022
carreira_profissoesdofuturo_24022021_Marko-Geber_GettyImages-3-768x512

No pain, no gain: tentativa e erro devem fazer parte da cultura das empresas da era digital

Atualmente as empresas procuram desencadear transformações digitais e se beneficiar de infraestruturas escaláveis e ágeis
acordo-online-negociacao-aperto-maos

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
jus-gif-2

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.