Segundo maior Banco do Japão vai lançar uma criptomoeda própria e planeja integrá-la ao Alibaba

Publicado em
j-coin-ien-324x235

O segundo maior banco do Japão, Mizuho Financial Group, que detém mais de US$ 1.8 trilhão em ativos e é um das 100 maiores empresas do mundo, anunciou, segundo o jornal Nikkei, o desenvolvimento de uma criptomoeda própria, que funcionará como uma stablecoin (1:1 com o iene), batizada de J-Coin. Para impulsionar a aceitação do novo cripto ativo, o banco pretende oferecer uma série de descontos a todos os comerciantes que aceitarem a moeda digital como pagamento.

Segundo a reportagem o Mizuho pretende iniciar os primeiros testes comerciais já em março de 2019 e, para Yasuhiro Sato, presidente do Banco, o projeto ganhará força “se os benefícios para os usuários e os comerciantes participantes ficarem claros”. Para isso, o banco espera que outras instituições financeiras invistam e deem suporte a J-Coin. Além disso, Sato destaca que é importante que a criptomoeda seja capaz de se conectar com a plataforma de pagamento móvel Alipay do Alibaba Group, visando desta forma uma maior adoção tendo em vista também a demanda de visitantes chineses e estrangeiros para o Japão.

Ainda de acordo com Sato, mias de 60 bancos japoneses já aderiram a proposta que diferente do que acontece com o Bitcoin, na J-Coin, os usuários não terão que pagar uma taxa para transferir fundos, seja da conta do banco para a wallet no smartphones ou entre usuários, na outra ponta, os comerciantes também não terão que pagar taxas para que o banco (qualquer um que seja participante) armazene seu dinheiro virtual.

No entanto o projeto não é único no Japão, em janeiro deste ano, o Mitsubishi UFJ Financial Group (MUFG), o quinto maior banco do mundo, também anunciou uma criptomoeda própria, a MUFG.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
3D Rendered Illustration of a Human Face Design.

IA x Homem: Advogado robô defenderá réu em julgamento real

Pela primeira vez na história uma inteligência artificial será usada em tribunal para defender um réu acusado de infringir leis de trânsito
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.