Sancor Seguros em compliance com a LGPD com a Privacy Tools

Publicado em
Sancor Seguros em compliance com a LGPD com a Privacy Tools
Imagem: Pixabay

Texto original publicado por Plural Comunicação

Desde que a Lei Geral de Proteção de Dados entrou em vigor em setembro de 2020, o debate em torno do tema tem sido recorrente. Grandes e pequenas empresas iniciaram uma corrida contra o tempo em busca de meios de se adequarem à nova lei, que inclusive, agora pode gerar multas. 

Em tempos que os dados pessoais são considerados o “novo petróleo”, garantir a segurança e privacidade dos clientes tem se mostrado uma tarefa nada fácil. 

E buscando poder proporcionar essa segurança aos seus clientes, que a Sancor Seguros iniciou a sua parceria com a Privacy Tools, plataforma de adequação, que hoje é referência no cenário LGPD e foi eleita uma das 100 empresas mais atraentes para o mercado no ranking da 100 Open Startups em 2021
.

Sancor como exemplo em compliance 

A Sancor Seguros Brasil é uma empresa seguradora que faz parte do Grupo Sancor Seguros. Fundada na Argentina em 1945, está no Brasil desde 2013 onde estabeleceu sua sede na cidade de Maringá/PR, e atualmente possui presença também no Uruguai e Paraguai. 
Como uma empresa preocupada com um serviço da melhor qualidade para oferecer aos seus clientes, a Sancor optou por realizar todo o processo de adequação junto à Privacy Tools, processo esse que se iniciou em abril de 2021. 
Durante este processo o time de compliance da empresa promoveu estudos de toda sua estrutura, buscando identificar a solução mais adequada às suas necessidades: o Data Finder, solução de data discovery e automação da privacidade da Privacy Tools.

Hoje a Sancor já colhe os benefícios da implementação do sistema da Privacy Tools, com a diminuição da mão de obra manual por conta das automações configuradas na plataforma, além da centralização da gestão de diversas tarefas e atividades, o que trouxe agilidade ao projeto. 

Como o Data Finder pode ser utilizado tanto no modelo SAAS quanto On-Premise, a Sancor conseguiu otimizar a busca de dados em múltiplos ambientes e serviços no Brasil e fora do país usando sua própria infraestrutura e critérios de segurança, garantindo maior sigilo ao tratamento de dados pessoais.

Adequação na empresa começou em 2019  

Antes mesmo da LGPD entrar em vigor, a Sancor já se preocupava com privacidade e proteção de dados. “Em meados de junho/2019 foi criado um “Núcleo LGPD” multidisciplinar responsável pela implementação deste importante projeto, composto pelas áreas de Segurança da Informação, Riscos e Compliance e Jurídico”, contou Thiago Bozelli, DPO da empresa. 

Esta jornada sempre esteve focada e alinhada nas diretrizes estabelecidas pela Lei (transparência, disponibilidade, integridade, segurança e confidencialidade das informações). 

Todas as áreas da Sancor foram envolvidas desde então para desenvolver alguns trabalhos: 

Inventário de contratos e documentos celebrados pela empresa; 
Comunicados diversos para: Corretores, Oficinas e Colaboradores; 
Atualização de Políticas específicas ao tema (privacidade, tratamento de dados, guarda de documentos, segurança da informação); 
Análise das soluções de TI para adequação dos sistemas legados e de nossos parceiros; Campanhas de Endomarketing; 
Elaboração do Relatório de Impacto; 
Treinamento Racker Rangers.

Treinar os colaboradores foi uma etapa fundamental

Thiago Bozelli conta que a Sancor treinou os clientes internos através de plataforma de gameficação e campanhas recorrentes, envolvemos os parceiros na atenção às responsabilidades compartilhadas e divulgamos materiais orientativos aos nossos clientes, como o Guia Prático LGPD feito pela empresa. 

“Dessa forma, considerando estas ações somadas as constantes divulgações nas mídias e redes sociais, estamos seguros do bom nível de maturidade de nossos clientes quanto aos cuidados e direitos de privacidade de seus dados”, continuou o DPO.

Privacidade na melhoria da experiência do cliente

Quando as empresas buscam uma plataforma de compliance com a LGPD como a Privacy Tools, os benefícios vão muito além de estar em conformidade com a lei. Atuando na privacidade do cliente e a relação com os dados pessoais, é possível perceber um aumento na confiança e percepção de valor da marca. 

“Acreditamos que para manter uma experiência satisfatória com o nosso segurado, devemos manter o processo o mais transparente possível com relação ao tratamento de seus dados pessoais e, aumentando, dessa forma, a confiabilidade junto aos nossos clientes e parceiros”, comentou Thiago. 


Privacy Tools auxilia empresas com a proteção de dados 


A LGPD foi aprovada em 2018, entrou em vigor em 2020, mas as sanções previstas só começaram a valer em 2021. 

Desde então, empresas buscam acelerar seu processo de estar em compliance à nova lei de forma a evitar possíveis complicações decorrentes da não adequação. 

As multas previstas pelo não cumprimento das regras previstas na lei variam e podem chegar a 2% do faturamento, limitado ao teto de 50 milhões de reais. 

As multas, inclusive, podem ser aplicadas de forma retroativa pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), desde que as infrações tenham sido cometidas a partir de agosto de 2021, que foi quando as sanções passaram a vigorar. 

E é para auxiliar as empresas nesse processo de adequação que a Privacy Tools traz soluções de gerenciamento da privacidade com módulos pensados para o uso em diferentes segmentos do mercado e para cumprir com as obrigações das diferentes legislações, como LGPD e GDPR. 

A Privacy Tools é uma plataforma de privacidade, uma Privacy Tech, que é uma startup do ramo de privacidade e é uma das pioneiras no Brasil na oferta de soluções para LGPD. 

A empresa visa transformar a forma como as empresas protegem e gerenciam a privacidade dos dados pessoais e conta com +500 empresas como Grupo RBS, Rede D’or, Banco RCI, Pague Menos, Farmácias São João, Grupo Bom Jesus, Universidade de Fortaleza, Synnex Corporation, Petros, entre outras.

Sobre os fundadores da Privacy Tools:

Aline DeparisCEO da Privacy Tools, analista de Sistemas por formação e somando mais de 15 anos de experiência no setor de TI. Foi presidente da Assespro-RS (2019/2020) e do CETI-RS (Conselho das Entidades de TI do RS), fundou a Maven Inventing, e é atual membro do Conselho Fiscal do Icolab.

Marison SouzaCOO da Privacy Tools, arquiteto de softwares com vasta experiência em projetos de alta complexidade, segurança e inovação, tendo sido responsável por projetos importantes em empresas e órgãos como TSE, Grupo RBS, TCU, entre outros. Possui conhecimento em tecnologias OpenSource, atuando no mercado de desenvolvimento, pesquisa, criação e arquitetura de sistemas há 17 anos. 

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Elon Musk no Brasil: quanto custa e como usar a internet da Starlink

Elon Musk no Brasil: quanto custa e como usar a internet da Starlink

No Brasil, além da Amazônia, a cobertura do serviço envolve parte de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, além de algumas áreas de Minas Gerais
O que é Web 3.0 e como ela se relaciona com o mercado de criptoativos

O que é Web 3.0 e como ela se relaciona com o mercado de criptoativos

A internet está passando por uma nova reformulação, chamada de Web 3.0. Confira o guia do InfoMoney sobre o assunto
Como utilizar suas conexões para impulsionar o perfil no LinkedIn

Como utilizar suas conexões para impulsionar o perfil no LinkedIn

Texto original de Mariellen Romero,  publicado por táLIGADO Você sabia que a base de crescimento do LinkedIn, bem
Brasil figura entre os países mais inovadores do mundo para o setor jurídico

Brasil figura entre os países mais inovadores do mundo para o setor jurídico

O surgimento de novos modelos de contratos e petições criados através de técnicas de Visual Law e com foco na facilitação da comunicação e inclusão da população colocam o país na linha de frente da inovação jurídica mundial.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.