População do Chile deve relatar ganhos com criptomoedas à Receita Federal

Publicado em
População do Chile deve relatar ganhos com criptomoedas à Receita Federal
A group of fans of Chile cheer for their team

Os contribuintes chilenos devem relatar seus lucros com criptomoedas ao Serviço de Receitas Internas do Chile (SII), órgão equivalente à Receita Federal no Brasil, informou o jornal local Diario Bitcoin, recentemente.

O SII decretou em 2018 que as moedas digitais não estavam sujeitas ao Imposto sobre Valor Agregado (IVA), mas ainda deviam ser consideradas no cálculo do imposto de renda anual, pois elas enquadram-se na definição de ativos intangíveis.

Devido à essa consideração, o formulário de imposto de renda dedicado 22 incluirá, segundo relatos, pela primeira vez, uma seção especial dedicada a “outras receitas próprias e / ou de terceiros de empresas que declaram sua receita efetiva e não a declaram integralmente, atribuído…”

O Diario Bitcoin relata que, embora não seja explicitamente declarado no formulário, uma declaração do SII divulgada no final de 2018 observou que os contribuintes devem relatar sua renda adquirida com a venda de moedas estrangeiras e criptomoedas na seção acima mencionada.

Como a Cointelegraph informou no início deste mês, o tribunal anti-monopólio chileno novamente concedeu proteção às exchanges locais de criptomoedas, forçando os bancos a manterem suas contas abertas.

 

Por Amanda Bastiani

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/populacao-do-chile-deve-relatar-ganhos-com-criptomoedas-a-receita-federal/

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Mais de 30% dos fundadores de startups brasileiras já empreenderam

Mais de 30% dos fundadores de startups brasileiras já empreenderam

Levantamento realizado pela Distrito e a Maya Capital também constatou que 66,8% dos empreendedores já estavam inseridos no ecossistema.
‘Estar na lista das 100 Startups to Watch ajudou a Incentiv.me a captar R$ 10 milhões’

‘Estar na lista das 100 Startups to Watch ajudou a Incentiv.me a captar R$ 10 milhões’

Cofundadora da startup, que é associada AB2L, diz que visibilidade tem sido fundamental para o crescimento da empresa. A edição deste ano está com inscrições abertas.
O poder da animação 3D na área jurídica

O poder da animação 3D na área jurídica

Impulsionado nos dois últimos anos no Brasil, o uso de animação 3D na área jurídica pode oferecer alternativas para solucionar pontos problemáticos na comunicação com juízes e jurados
Elon Musk no Brasil: quanto custa e como usar a internet da Starlink

Elon Musk no Brasil: quanto custa e como usar a internet da Starlink

No Brasil, além da Amazônia, a cobertura do serviço envolve parte de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, além de algumas áreas de Minas Gerais
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.