Pela 1ª vez na história, reconhecimento de firma é feito digitalmente no Brasil

Ferramenta implementada pelos cartórios começa a valer nesta terça-feira (7); medida traz benefícios para os brasileiros e para o meio ambiente
Publicado em
archive-g42beea8e8_1920

Texto original de Lucas Janone, publicado pela CNN

Pela primeira vez na história, os brasileiros vão poder reconhecer firma de forma totalmente digital em qualquer cartório do país. A plataforma online, que começou a funcionar nesta terça-feira (7), trará benefícios para os mais de 100 milhões de usuários que usam o serviço anualmente, segundo um levantamento da CNN.

O projeto teve sua concepção inicial em meados de 2020, por conta da necessidade do isolamento social e da digitalização dos projetos, causados pela pandemia de Covid-19.

O reconhecimento de firma é o procedimento que atesta a autoria da assinatura em um documento. O certificado é utilizado, por exemplo, na compra de imóveis e automóveis.

À CNN, a presidente do Conselho Federal do Colégio Notarial do Brasil (CNB/CF), Giselle Oliveira de Barros afirmou que a digitalização trará “comodidade e agilidade” para os brasileiros.

“Com este lançamento completamos a migração de 100% dos atos notariais para o meio digital, podendo, a partir de agora, o cidadão escolher entre ir a um Cartório de Notas ou então fazer o serviço de forma eletrônica. Trata-se de uma facilidade enorme para os usuários, que ganham em comodidade e agilidade”, destaca Giselle de Barros.

A medida trará também benefícios ambientais, já que a medida pode restringir a utilização de milhões de folhas de papel no país. Segundo ambientalistas ouvidos pela CNN, a economia desse volume de papéis significa a preservação de pelo menos 100 árvores por ano, apenas com a digitalização do reconhecimento de firma.

“Estamos falando dessa quantidade de árvores somente olhando para um serviço específico. O número é muito maior se a gente contar os processos em geral, que estão sendo progressivamente digitalizados. Felizmente hoje você pode acessar os processos via digitais. O papel nunca vai deixar de existir, mas a parte digital tem aspectos muito positivos”, afirma Mario Moscatelli, ambientalista e pesquisador.

A digitalização do reconhecimento de firma faz parte de um processo de modernização feita pelos cartórios brasileiros. Desde 2020, os processos de divórcios, testamentos, inventários e as procurações são feitos de forma totalmente online no Brasil.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
1B25AFB4-7BDA-44E8-BA6D-808BC552DEA8

Evento voltado para tecnologia e direito reúne especialistas em São Paulo, entre eles o advogado Ticiano Gadêlha

Por Penews Na próxima terça-feira (29) acontece em São Paulo o AB2L Lawtech Experience, um evento voltado para
edit-ab2l-daniel-marques-2

AB2L LawTech Experience aborda a nova realidade exponencial do Direito

Evento debaterá temas como Futuro dos Tribunais, Inteligência Artificial, Jurimetria, Gestão de Contratos, ESG, LGPD, Gestão Jurídica 4.0, Web3, Blockchain, NFTs, Smart Contracts, Metaverso, Metalaw, Alternative Legal Services Providers, Legal Operations e Marketing Jurídico
carreira-trabalho-escritorio

5 tendências que definirão o futuro do trabalho

O Forbes Future of Work Summit mostrou que as mudanças no mundo profissional tendem a se acelerar
people-holding-the-earth-in-their-hands

O que é o ESG e por que você precisa se preocupar com isso

As buscas pelo termo ESG cresceram 150% no último ano, segundo um levantamento do Google Trends solicitado pela revista Valor. Esse assunto ganhou relevância por se tratar de questões ambientais, sociais e de governança corporativa num contexto em que todos buscam a sustentabilidade
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.