O que é o ESG e por que você precisa se preocupar com isso

As buscas pelo termo ESG cresceram 150% no último ano, segundo um levantamento do Google Trends solicitado pela revista Valor. Esse assunto ganhou relevância por se tratar de questões ambientais, sociais e de governança corporativa num contexto em que todos buscam a sustentabilidade
Publicado em
people-holding-the-earth-in-their-hands

Antes de tudo: de onde veio o conceito? 

Em 2004, uma publicação do Pacto Global em parceria com o Banco Mundial, chamada Who Cares Wins levantou uma importante questão: como integrar a responsabilidade ambiental, os fatores sociais e a governança? Dessa pergunta, surgiu um conceito que busca medir o impacto das ações de sustentabilidade no resultado das empresas.

Antes disso, nos anos 1970, começaram a surgir os primeiros investimentos guiados por crenças e pela moral, como o estilo de vida e as religiões, o que iniciou o senso de preocupação com questões sociais inclusive na gestão de empresas. 

Só em 2007, porém, surgiram títulos com o objetivo de captar recursos para melhorar questões ambientais, os green bons, os quais levaram a um caminho para o ESG. 

E o que são ESG, afinal? 

A sigla “ESG” vem do inglês Environmental (Ambiental, E), Social (Social, S) e Governance (Governança, G) e se traduz em padrões e boas práticas para avaliar se as empresas gerenciam os próprios investimentos de forma adequada, sustentável e socialmente consciente. 

No geral, essa classificação nos permite descobrir se uma empresa é sustentável e um bom destino para investimentos sustentáveis e que realmente possam gerar um benefício social, e é claro que isso entrega benefícios para as empresas e departamentos jurídicos. 

Isso se faz por meio de três pilares: 

  • Ambiental

Inclui critérios como a gestão de resíduos; a política da empresa para os desmatamentos; a busca por energia vinda de fontes renováveis; a forma que a empresa se posiciona em relação às mudanças climáticas etc. 

  • Social

Analisa como a empresa cuida do bem-estar dos colaboradores por meio de taxas como turnover, envolvimento dos funcionários, salários e planos de carreira e previdência. 

  • Governança

O último aspecto estuda a forma que a empresa é administrada, a responsabilidade dos gestores e diretores, principalmente quanto à viabilidade e à transparência.

Quais são os benefícios disso? 

Com capitais maiores, as empresas têm cada vez mais responsabilidades sociais e ambientais, então investir nisso para mostrar aos investidores e à população que a empresa segue os padrões ESG, além de gerar impacto positivo na sociedade, reduz os riscos para a empresa e melhora o relacionamento dela com com clientes, fornecedores e a comunidade em si. 

Isso faz com que a empresa internalize conceitos que, anteriormente, eram desvinculados da gestão e das empresas em si, o que atrai: 

  • Redução de custos, por serem mais eficientes; 
  • Melhor reputação da empresa; 
  • Fidelização de clientes, que consomem por identidade de princípios com a empresa;  
  • Segurança para o investidor, justamente pelo melhor gerenciamento; 
  • Linhas de crédito especiais em muitas instituições financeiras; 
  • Entre outros. 

Por aí, a sua empresa já implementa a ESG?

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.