Pesquisar
Close this search box.

O poder da animação 3D na área jurídica

Impulsionado nos dois últimos anos no Brasil, o uso de animação 3D na área jurídica pode oferecer alternativas para solucionar pontos problemáticos na comunicação com juízes e jurados
Publicado em
1653055714466
Imagem: reprodução

Texto original de Bernardo de Azevedo e Souza, publicado no Linkedin

Profissionais da advocacia e membros do Ministério Público já estão investindo em animação 3D para apresentar suas teses e argumentos com mais clareza e sem ruídos. Aos poucos, os primeiros cases de aplicação desse recurso começam a aparecer.

Na newsletter de hoje vou esclarecer os principais pontos relacionados à animação 3D na área jurídica. Reuni boa parte dos questionamentos que recebi por meio das redes sociais. Veja o que você precisa saber sobre essa importante técnica:

1. O que são?

As animações 3D são representações visuais geradas por computador, com auxílio de softwares, que simulam movimentos de pessoas e objetos em um ambiente tridimensional.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

2. Para que servem?

Quando aplicadas à área jurídica, servem para explicar a dinâmica dos fatos, ilustrar teses, comunicar argumentos de forma mais clara e facilitar a compreensão do julgador. Com elas, advogados podem ilustrar diferentes perspectivas e contrapor versões perante os jurados, ou representar o cenário com as mesmas características do ambiente real.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

3. Por que utilizá-las?

Porque elas ilustram aquilo que o conteúdo escrito, por melhor redigido que seja, nem sempre dá conta de representar. Além disso, estudos apontam que adotar vídeos e outros recursos visuais em apresentações contribui para a compreensão e retenção do conteúdo. O conteúdo visual nos auxilia a guardar informações relevantes na memória.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

4. Servem para quais áreas de atuação?

Estas são as principais:

  • Direito Ambiental;
  • Civil;
  • do Consumidor;
  • Médico;
  • Trabalhista;
  • Penal.
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

5. Quais os principais softwares?

Os principais softwares utilizados para produzir animações 3D são:

  • Autodesk Maya;
  • Autodesk 3Ds Max;
  • Cinema 4D;
  • Blender.
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

6. Como apresentá-las em juízo?

No plenário do júri, por meio de telão. 

Nos demais casos, por meio de hyperlinksQR Codes ou imagens clicáveis.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

7. Exemplos de aplicação

Para defender o réu Elissandro Spohr (Kiko) durante o julgamento do Caso Boate Kiss, em dezembro de 2021, o advogado criminalista Jader Marques utilizou uma reconstrução digital do estabelecimento. O júri foi repleto de momentos marcantes, mas, sem dúvida, ganhou destaque o uso de animação 3D em plenário.

Com a técnica, o profissional buscou oferecer aos jurados um olhar mais amplo sobre o incêndio e a estrutura interna da boate. A reconstrução digital, produzida pelo View 3D Studio, apresentou o estabelecimento em dois momentos distintos. O primeiro em 2009, antes da reforma; e o segundo em 2013, depois da reforma:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

O advogado criminalista Luciano de Souza Katarinhuk utilizou uma animação 3D em plenário, na 1ª Vara Criminal de Nova Aurora (PR). Com o recurso, o profissional conseguiu explicar, de forma clara e compreensível, a tese defensiva de seu cliente. Assista ao vídeo:https://www.linkedin.com/embeds/publishingEmbed.html?articleId=8125670943285308239

Allison Batista Carvalho é outro profissional a adotar a animação 3D em plenário. O advogado criminalista, que atuou como assistente de acusação durante um júri na 1ª Vara de Guarabira (PB), utilizou o recurso para apresentar duas versões distintas dos fatos. O objetivo foi colocar em xeque a tese do advogado de defesa. Assista ao vídeo:https://www.linkedin.com/embeds/publishingEmbed.html?articleId=7659946459368540017

Conclusão

À medida que a tecnologia avança, aumenta também a qualidade gráfica das animações 3D. Hoje em dia é possível representar personagens e ambientes em seus mínimos detalhes. Softwares como Blender e Cinema 4D permitem aprimorar a narrativa jurídica de forma visual, facilitando a compreensão das teses pelos magistrados.

O uso de recursos visuais vem crescendo cada vez mais na área jurídica, e a animação 3D permite ajudar o julgador na compreensão de situações processuais específicas. O foco não é eliminar o texto escrito, que continuará sendo relevante, mas empregar o poder dos elementos visuais para melhorar a comunicação da mensagem.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
SITE

INFORME AB2L | 2024

#02 06/24 Encontro com Luis Henrique Ramos, Gerente Jurídico Sênior da C&A Brasil, sobre Carreira Corporativa no Direito
Lorena Lage e Robert Oliveira, sócios e cofundadores da L&O Advogados

L&O Advogados cresce 110% com preventivo jurídico no mercado de startups e inovação

Publicação Original, SEGS.com.br. Fundado por Lorena Lage e Robert Oliveira, escritório teve apenas duas ações judiciais em curso
Imagem

Especialista destaca a importância da tecnologia nas Operações Jurídicas na era digital

Allana Martins Vasconcelos Valsechi, Gerente de Operações Jurídicas e Analytics da Legal Insights, discute a evolução do setor e enfatiza a colaboração interdisciplinar e o planejamento estratégico.
SOS RS APP

SOS RS: Inovação e Solidariedade no Rio Grande do Sul

Em entrevista exclusiva para a CNN Brasil, o engenheiro Pedro Oliveira revelou como a plataforma SOS RS está
EMPRESAS ALIADAS E MANTENEDORAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.