Nova York cria força-tarefa para estudar criptoativos e blockchain

Publicado em
painel-cidade-g-frete-gratis-festa-de-aniversario

O estado de Nova York está oficialmente lançando uma força-tarefa focada em criptomoedas destinada a ajudar o estado a entender os criptoativos e sua tecnologia subjacente, a blockchain.

De acordo com a publicação da Coindesk, o governador Andrew Cuomo assinou um projeto no mês passado criando a força-tarefa para estudar criptomoedas e tecnologia blockchain.

A força-tarefa será composta por tecnólogos, consumidores, investidores institucionais e de varejo, representantes de empresas e acadêmicos; os membros serão nomeados por Cuomo, bem como pelo Senado estadual e pela Assembleia. O painel deverá apresentar relatórios sobre a tecnologia até 15 de dezembro de 2020.

Esses relatórios incluirão propostas sobre como o estado pode regular melhor, definir ou utilizar criptomoedas, bem como visões gerais abrangentes do ecossistema, incluindo o custo energético da mineração das criptomoedas, como elas estão sendo negociadas dentro do estado, como essas negociações podem estar afetando cobrança de impostos e vários outros aspectos.

Nova York já desenvolveu sua própria regulação em torno de negócios envolvendo criptomoedas na forma de sua controversa BitLicense. Apenas 14 licenças foram concedidas desde que o regulamento foi introduzido há quatro anos.

Embora a nova lei não mencione explicitamente a atualização ou a alteração da licença, o comunicado observou que o ecossistema mudou significativamente desde que o regulamento foi escrito.

 

Por Amanda Bastiani

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/nova-york-cria-forca-tarefa-para-estudar-criptoativos-e-blockchain/

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
BGC

Streamers gamers apostam em um novo nicho: eventos proprietários

Brasil movimentará US$ 2,7 bi em negócios relacionados a games em 2022
carreira_profissoesdofuturo_24022021_Marko-Geber_GettyImages-3-768x512

No pain, no gain: tentativa e erro devem fazer parte da cultura das empresas da era digital

Atualmente as empresas procuram desencadear transformações digitais e se beneficiar de infraestruturas escaláveis e ágeis
acordo-online-negociacao-aperto-maos

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
jus-gif-2

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.