Pesquisar
Close this search box.

Natura investe em plataforma digital Singu

Publicado em
Natura-Revender-Espaço-Digital-1280x640-1-1024x512

A Natura &Co, grupo que compõe Avon, Natura, The Body Shop e Aesop, anuncia que sua subsidiária Natura está dando mais um passo decisivo em sua já bem-sucedida jornada digital ao investir na Singu, plataforma digital brasileira líder em serviços de beleza em domicílio. Um dos pontos fortes da combinação entre Natura e Singu, que tem sido objeto de estudo pelos times e poderá ser implementado, será o de fornecer a milhares de Consultoras de Beleza Natura a oportunidade de gerar mais renda, permitindo que ofereçam por meio da plataforma serviços como de maquiadora, cabeleireira, manicure, entre outros. Pelo acordo, a Natura tem o direito de adquirir 100% da Singu.

“O investimento na Singu abre uma nova avenida de serviços em nossa jornada digital, que fortalecerá ainda mais a relação entre as consultoras de beleza e suas clientes”, afirma João Paulo Ferreira, CEO de Natura &Co América Latina. “Estamos avaliando a melhor forma de ampliar as soluções digitais em nosso modelo de negócios para proporcionar as melhores experiências de consumo e conexão com os nossos produtos, serviços e propósitos, por meio da combinação da venda direta tradicional com os meios online, como a plataforma desenvolvida pela Singu.”

Adicionalmente, a Singu poderá expandir rapidamente sua base de clientes e profissionais de beleza. “A plataforma da Singu utiliza-se da tecnologia para promover inovação e empreendedorismo, estimulando o progresso social e está bem alinhado com o propósito da Natura. No futuro, podemos expandir a oferta para incluir novos serviços, marcas e produtos”, explica Tallis Gomes, fundador da Singu.

Fonte: Mercado Consumo

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
web-summit

Web Summit Rio: a força do empreendedorismo e da tecnologia

O Web Summit Rio nos mostrou que a ativação de grandes eventos como esse trouxe também benefícios intangíveis para nos estimular na capacidade de perceber novamente a partir do acesso àquilo que não conhecíamos e, com isso, o país só tem a ganhar
1_ticiano-36284834

Ticiano Gadêlha: Entre a lei e a inovação

A Lei Complementar nº 182, de 2021, conhecida como Marco Legal das Startups, é um exemplo de como o país busca fomentar o ecossistema de inovação, oferecendo um ambiente regulatório mais flexível e adaptado às peculiaridades dessas empresas
201021flavia11

B3 desenvolve plataforma para transações secundárias de startups

Infraestrutura será vendida em modelo white label para companhias de crowdfunding
tatiana coutinho

Ambientes Jurídicos mais Inclusivos: Uma Reflexão sobre Diversidade e Inclusão no Direito

Tatiana Coutinho, Associada à AB2L, recebe destaque no artigo "Ambientes Jurídicos mais Inclusivos: Uma Reflexão sobre Diversidade e Inclusão no Direito", do site Ela Jurista!
EMPRESAS ALIADAS E MANTENEDORAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.