Ministro das Finanças de Portugal deposita confiança sobre os reguladores de Bitcoin

Publicado em
portugal-1561936_1920

Mario Centeno, presidente do Eurogroup e ministro das finanças de Portugal recentemente declarou estar confiante quanto a supervisão dos órgãos reguladores europeus a respeito do Bitcoin, quando questionado se há preocupações com o potencial impacto da moeda na zona do euro.

Em entrevista para a Bloomberg, Centeno disse que os reguladores europeus, assim como outros ao redor do mundo, estão cintes do papel das criptomoedas e acompanhando seu desenvolvimento. Ele adicionou que, como ministro das finanças, está confiante quando a supervisão do cenário atual.

Centeno se mostra preocupado com a ideia do Bitcoin se configurar como uma bolha, afirmando que esta composição não seria agradável. Para ele os reguladores estão mais conscientes, principalmente se compararmos com o mercado financeiro de 2008.

“Se voltarmos a ter problema com algum tipo de bolha financeira, seria uma situação muito ruim. No entanto acho que os reguladores estão muito mais preparados a este respeito e fazendo seus trabalhos”

As palavras de Centeno vem em um momento em que o Bitcoin atinge um novo patamar e começa a expressar a marca de $ 20 mil. Como ele ressaltou, os reguladores estão aumentando a supervisão sobre as criptomoedas e seus desdobramentos. Tanto que, neste mês, vários reguladores validaram as moedas digitais.

Conforme reportado recentemente pelo CCN, o presidente da Israel Securities Authority se juntou ao coro das criticas que chamam o Bitcoin de “bolha” e comparando o interesse que ele desperta com a corrida do ouro do século XIX. Apesar da sua posição sobre o Bitcoin, o diretor do órgão regulador sugeriu que fosse estabelecida uma abordagem amigável para os ICOs.

Bitcoin no alvo dos reguladores mundiais

A New Zealand’s Financil Markets Authority (FMA), também publicou um aviso aos potenciais investidores para ficarem longe de um empreendimento em torno de $ 220 milhões da moeda local. A superintendente do New York Departament of Financial Services, Maria Vullo, recentemente disse ao Bloomberg que o regulador mantém o Bitcoin sob atenção.

As ocorrências acima mencionadas foram todas relatadas este mês e revela que os órgãos reguladores estão de fato com os olhos no Bitcoin e no ecossistema de criptomoedas, conforme Centeno pontuou. O Banco Central de Portugal também deixou claro estar monitorando o Bitcoin e não se mostra amigável com relação a moeda.

Para Helder Rosalino, diretor do Banco de Portugal (BdP), o banco central do país, o Bitcoin não é uma moeda. Apesar do seu ponto de vista, o portal de notícia CCN revelou, no inicio deste ano, que Portugal pretende taxar os usuários de Bitcoin, mesmo com a falta de regulamentação. Em relação ao OneCoin, o órgão financeiro emitiu recentemente um aviso que alerta potenciais investidores.

 

Por Camila Marinho

Fonte: CCN

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
BGC

Streamers gamers apostam em um novo nicho: eventos proprietários

Brasil movimentará US$ 2,7 bi em negócios relacionados a games em 2022
carreira_profissoesdofuturo_24022021_Marko-Geber_GettyImages-3-768x512

No pain, no gain: tentativa e erro devem fazer parte da cultura das empresas da era digital

Atualmente as empresas procuram desencadear transformações digitais e se beneficiar de infraestruturas escaláveis e ágeis
acordo-online-negociacao-aperto-maos

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
jus-gif-2

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.