Lei do Governo Digital prevê cobrança pelo acesso a dados públicos, adverte AB2L

Publicado em
Lei do Governo Digital prevê cobrança pelo acesso a dados públicos, adverte AB2L

Entidade afirma que medida contraria as melhores práticas internacionais de transparência e viola os princípios constitucionais da livre iniciativa e da livre concorrência

A Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L) expressou, por meio de uma nota técnica de sete páginas, preocupação com um trecho da chamada Lei do Governo Digital (PL 317/2021).

A entidade, que representa empresas de tecnologia especializadas em assuntos jurídicos, indica que o projeto recém-aprovado pelo Senado Federal prevê a cobrança pelo acesso a dados públicos, prática que contraria as recomendações da OCDE e as melhores práticas internacionais de transparência.

“Ademais, também viola os princípios constitucionais da livre iniciativa e da livre concorrência; e desincentiva o uso de dados abertos, caminho reverso ao de diversos países como Estados Unidos e Canadá, que criaram agências públicas que facilitam o acesso a dados públicos”, reforça a nota.

Fonte: Lawinnovation

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Brasil figura entre os países mais inovadores do mundo para o setor jurídico

Brasil figura entre os países mais inovadores do mundo para o setor jurídico

O surgimento de novos modelos de contratos e petições criados através de técnicas de Visual Law e com foco na facilitação da comunicação e inclusão da população colocam o país na linha de frente da inovação jurídica mundial.
Villa Visual Law Studio, empresa associada à AB2L, vence premiação internacional com projeto de Visual Law

Villa Visual Law Studio, empresa associada à AB2L, vence premiação internacional com projeto de Visual Law

Texto original de Rui Caminha A tecnologia que impulsiona avanços em diferentes setores da economia também tem impactado o
Piauí tenta na Justiça obter parte do território de 13 cidades do Ceará; entenda o litígio entre os estados

Piauí tenta na Justiça obter parte do território de 13 cidades do Ceará; entenda o litígio entre os estados

Caso as terras sejam transferidas ao Piauí, cerca de 25 mil cearenses devem "se tornar" piauienses.
Fragata e Antunes Advogados incentiva o intraempreendedorismo

Fragata e Antunes Advogados incentiva o intraempreendedorismo

O escritório Antunes Advogados decidiu incentivar ideias inovadoras entre os seus funcionários e criou, em 2021, o Projeto Click
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.