Kodak investe no mundo de mineração de Bitcoin

Publicado em
kodak-2559301_1920

A Kodak, uma tradicional empresa de fotografia e, hoje, sinônimo de obsolescência, se prepara para lançar sua primeira criptomoeda, a Kodakcoin. Não contente com a realização de uma ICO, a companhia também decidiu entrar na mineração de moedas digitais; o que foi interpretado por alguns críticos como uma tentativa desesperada de permanecer relevante. A notícia, divulgada na semana passada, no CES 2018, se tornou uma das mais pitorescas em um mês repleto de casos excêntricos voltados para o mundo das criptomoedas.

 

Em uma semana em que um altcoin para a indústria odontológica se aproximou do valor de $2 bilhões e o aplicativo Telegram revelou seu projeto de uma criptomoeda própria, a notícia de lançamento do ICO pela Kodak não parece fora de tom. Reinventa-se como uma empresa de mineração de moeda digital, porém, é uma situação que ninguém poderia esperar.

O CES é o mais chamativo evento de tecnologia do ano. Sediado em Las Vegas e capitaneada por lideres de ponta da indústria como a Samsung e a Sony, a Kodak figurava como a empresa dos tempos áureos do passado, que estagnou após o lançamento das câmeras instamatic, anos atrás. Mas para desgosto dos demais expositores, na última quarta-feira, a Kodak roubou o show.

Kodak encontra as criptomoedas

A informação de que a Eastman Kodak Company, fundada em 1888, estaria navegando no movimento das criptomoedas chegou como um choque total. Ela revela algo sobre o momento atual da história da economia e vem acompanhada de notícias de valorização das ações da empresa; o que foi recebida com incredulidade.

O projeto ‘tolkenizado’ que a companhia está lançando, parece uma cópia do Shutterstock, mas com permissões adicionais. Mas o que dizer a respeito da introdução da empresa no ramo de mineraçãoo de criptomoedas? Como se estivesse tentando acertar todos os clichês no manual de criptografia, a Kodak declarou que começará a alugar mineradores de Bitcoin para o público. Os mineradores registrados aparentemente são plataformas de Bitmain com um adesivo Kodak anexado.

Mineração para se destacar

Em uma demonstração de apoio às novas operações de mineração, a Kodak anunciou planos para instalar e aparelhar sua sede em Nova York. Presumivelmente não em seu escritório – já que os equipamentos para este fim são barulhentos e seriam melhor configurados em uma sala escura. Os mineradores da Kodak serão contratados pelos clientes, que deverão pagar antecipadamente pela capacidade de mineração. Como ponderou um comentarista:

Esta manhã a Kodak, que era uma companhia morta a passos largos rumo a falência agora se encaminha para outra bancarrota . Neste momento, após colocar algumas palavras vazias em um pedaço de papel, acredita que tudo está bem”.

“Isto é ridículo”, ressalta Dennis Dick ao Reuters, trader do Bright Trading LLC. “Do ponto de vista fundamental, nada disso faz sentido”. Para ele, esta é uma estratégia desesperada para reiventar a Kodak.

Não importa se o mundo precisa de uma outra plataforma ou ainda se precisa da Kodak. O que será levado em questão para os investidores institucionais, é se eles poderão lucrar com os tokens KODK. No clima atual, esta parece ser uma certeza morta.

 

 

Por Camila Marinho

Fonte: news.bitcoin.com

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
BGC

Streamers gamers apostam em um novo nicho: eventos proprietários

Brasil movimentará US$ 2,7 bi em negócios relacionados a games em 2022
carreira_profissoesdofuturo_24022021_Marko-Geber_GettyImages-3-768x512

No pain, no gain: tentativa e erro devem fazer parte da cultura das empresas da era digital

Atualmente as empresas procuram desencadear transformações digitais e se beneficiar de infraestruturas escaláveis e ágeis
acordo-online-negociacao-aperto-maos

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
jus-gif-2

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.