JULGA A JATO. O ecossistema ganhando destaque na mídia.

Publicado em
aaaaaaaaaaaaaaaa

A indústria da música foi a primeira a nos ensinar o que o avanço tecnológico pode fazer com um setor inteiro da sociedade. Do surgimento do Napster até o streaming do Spotify, a música foi obrigada se repensar como produto. Com a telemedicina, ainda sem regulamentação no Brasil, ninguém sabe direito o que será, no futuro, uma consulta médica. E a pressão tecnológica também bate à porta dos tribunais. Muito além de digitalizar documentos e protocolar processos via internet, várias startups especializadas, conhecidas como “legaltechs” ou “lawtechs”, estão enxergando formas de diminuir o papelório do Judiciário e, de quebra, encontrar um novo jeito de fazer negócios entre um recurso.

Leia a matéria na íntegra: //tab.uol.com.br/edicao/direito-digital#julga-a-jato

Reportagem: Jacqueline Lafloufa / Arte: Alex Kidd / FONTE: UOL.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.