Itália concede primeira autorização para suicídio assistido do país

Publicado em
17989_DB2DBE399D0B83B1

Um comitê de ética na região central italiana de Marche deu aval para o que será o primeiro suicídio assistido do país, disseram os defensores do direito de morrer na terça-feira (23).

Um tetraplégico identificado como Mário pelos ativistas, embora esse não seja seu nome verdadeiro, está impossibilitado de se mover há 10 anos e pediu às autoridades de saúde locais que aprovassem seu suicídio assistido.

Os comitês de ética locais têm o poder de autorizar ou bloquear tais solicitações.

O direito de morrer tem sido, por muitos anos, uma questão altamente controversa na Itália, onde a Igreja Católica, que exerce uma forte influência sobre a política e a opinião pública, se opõe ferozmente a uma legislação mais liberal.

O painel de Marche disse que a condição de Mario atendia aos requisitos estabelecidos por uma decisão do tribunal constitucional de 2019, que inclui uma patologia crônica e irreversível que causa sofrimento que a pessoa considera intolerável.

“Me sinto mais leve, me aliviei de toda a tensão que acumulei ao longo dos anos”, disse Mario, para o grupo ativista ao direito de morrer, Associazione Luca Coscioni, depois de tomar conhecimento da decisão.

O comitê, que atendeu ao pedido após uma petição fracassada à autoridade regional de saúde e um recurso do tribunal, disse que Mário pode tomar suas próprias decisões de forma livre e informada.

“É muito lamentável que tenha demorado tanto, mas finalmente, pela primeira vez na Itália, um comitê de ética confirmou a existência de condições para o suicídio assistido de um doente”, disse Filomena Gallo, advogada de Mário.

Texto original de Angelo Amante, publicado pela CNN

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
35288247962-b1ecf8d9b7-c

Solução de captura técnica de provas digitais da Verifact é utilizada pelo TSE e MPF

Tecnologia de coleta e preservação de provas digitais desenvolvida pela empresa Verifact, associada a AB2L, foi usada pelo Ministério Público Federal e Tribunal Superior Eleitoral nas últimas eleições
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.