Exchange permitirá a compra de ações de empresas listadas na Nasdaq com criptoativos

Publicado em
160211_INV_Nasdaq
Pedestrians walk past the NASDAQ MarketSite in New York's Times Square in this June 4, 2012 file photo.

Uma startup de criptomoedas ligada à bolsa de valores Nasdaq planeja permitir que seus clientes comprem indiretamente ações de grandes empresas por meio de uma plataforma baseada em tokens.

A DX.Exchange, com sede na Estônia, anunciou nesta quinta-feira que lançará sua plataforma de negociação em 07 de janeiro, permitindo que seus clientes comprem tokens representando ações de diferentes empresas de tecnologia listadas na bolsa Nasdaq. Os clientes poderão usar criptomoedas selecionadas, bem como moedas fiduciárias para comprar os tokens.

A empresa usará o mecanismo de correspondência da Nasdaq para facilitar a negociação de títulos digitais, bem como proteger contra manipulação de mercado. Os clientes da DX.Exchange não estarão comprando diretamente a propriedade das ações, mas sim os tokens que representam ações de uma empresa, informou o COO Amedeo Moscato à CoinDesk.

“DAÍ EM DIANTE, QUANDO SE TORNAM DETENTORES DE TOKENS, ELES POSSUEM AÇÕES OU PARTES DAS AÇÕES DA EMPRESA, UMA VEZ QUE OS TOKENS SÃO RESPALDADOS POR 1:1 PARA AS AÇÕES DO MUNDO REAL. ISSO FAZ COM QUE ELES TENHAM DIREITO AOS MESMOS DIVIDENDOS EM DINHEIRO QUE AS AÇÕES VALEM”, EXPLICOU ELE.

A MPS Marketplace Securities, Ltd, com a qual a DX.Exchange tem acordo, comprará as ações do mundo real com base na demanda dos clientes e gerará tokens ERC-20 para representar cada ação.

Os próprios compartilhamentos reais seriam armazenados em uma conta segregada separada dos fundos ou uso interno do MPS. Isso tem a intenção de agir como uma salvaguarda contra a companhia que está tendo problemas ou declarando falência, ele explicou.

Além disso, o MPS ficará sob a supervisão da Comissão de Valores Mobiliários do Chipre, enquanto o DX.Exchange obedecerá aos regulamentos e autoridades da União Europeia.

No lançamento, a MPS anunciou que vai comprar ações da AlphaBet, Apple, Amazon.com, Facebook, Microsoft Corporation, Tesla, Netflix, Baidu, Intel Corporation e Nvidia.

Além do mecanismo de correspondência, a plataforma usa o protocolo FIX (Financial Information Exchange) da Nasdaq, que é um padrão usado por várias empresas de negociação de títulos nos EUA. O protocolo define trocas de mensagens eletrônicas para duas partes que realizam transações com valores mobiliários.

Além de seus serviços de ações, o DX.Exchange oferecerá negociação de criptomoedas peer-to-peer.

 

Por Amanda Bastiani

Fonte: https://www.criptomoedasfacil.com/exchange-permitira-a-compra-de-acoes-de-empresas-listadas-na-nasdaq-com-criptoativos/

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
1B25AFB4-7BDA-44E8-BA6D-808BC552DEA8

Evento voltado para tecnologia e direito reúne especialistas em São Paulo, entre eles o advogado Ticiano Gadêlha

Por Penews Na próxima terça-feira (29) acontece em São Paulo o AB2L Lawtech Experience, um evento voltado para
edit-ab2l-daniel-marques-2

AB2L LawTech Experience aborda a nova realidade exponencial do Direito

Evento debaterá temas como Futuro dos Tribunais, Inteligência Artificial, Jurimetria, Gestão de Contratos, ESG, LGPD, Gestão Jurídica 4.0, Web3, Blockchain, NFTs, Smart Contracts, Metaverso, Metalaw, Alternative Legal Services Providers, Legal Operations e Marketing Jurídico
carreira-trabalho-escritorio

5 tendências que definirão o futuro do trabalho

O Forbes Future of Work Summit mostrou que as mudanças no mundo profissional tendem a se acelerar
people-holding-the-earth-in-their-hands

O que é o ESG e por que você precisa se preocupar com isso

As buscas pelo termo ESG cresceram 150% no último ano, segundo um levantamento do Google Trends solicitado pela revista Valor. Esse assunto ganhou relevância por se tratar de questões ambientais, sociais e de governança corporativa num contexto em que todos buscam a sustentabilidade
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.