EDP e Accenture firmam parceria que une energia solar e blockchain no Brasil

Publicado em
EDP e Accenture firmam parceria que une energia solar e blockchain no Brasil

A EDP Brasil, anteriormente conhecida como EDP Bandeirante ou Bandeirante Energia, empresa com ampla atuação na distribuição de energia no Brasil, anunciou recentemente uma parceria com a Accenture para criação do Smart Energy Lab, que trabalhará no desenvolvimento de novas soluções para o setor elétrico nacional. Um dos focos da nova parceria será o uso de blockchain aliado à energia solar para melhorar a eficiência do setor.

A iniciativa terá como base a cidade de Recife, dentro da unidade do Porto Digital da cidade mas, segundo o Memorando de Entendimento assinado entre as empresas, também serão realizados testes na sede da Accenture em São Paulo. Segundo o portal Computar World, a parceria tem por objetivo criar tecnologias inovadoras nas áreas de geração solar distribuída, soluções para gestão de energia, mobilidade elétrica, soluções financeiras e armazenamento de energia.

“Liderar a transição energética é um vetor fundamental da estratégia da EDP. O Smart Energy Lab, em parceria com a Accenture, nos permitirá acelerar o desenvolvimento das soluções que estão promovendo a transformação do setor”, afirma Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil.

Todo o trabalho desenvolvido pode ser integrado nos produtos que a EDP oferece ao mercado, tanto para empresas como para o consumidor residencial. “A colaboração com a Accenture, que tem competências complementares às nossas, nos ajudará a criar valor por meio do desenvolvimento de novas soluções para um mercado que não pára de evoluir”, afirma Carlos Andrade, vice-presidente de Estratégia e Desenvolvimento de Negócios da EDP no Brasil.

“O consumidor está cada vez mais consciente da importância de usar energia de forma limpa e eficiente, e temos um potencial enorme de desenvolver tecnologias inovadoras para suprir essa demanda”, afirma Adriano Giudice, executivo líder do setor de utilidades públicas na Accenture América Latina.

“A Accenture, como uma empresa global, está à frente desse processo conjunto com a EDP, para construir uma estratégia verdadeiramente disruptiva no setor”, completa Giudice.


Fonte: CriptoFácil

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Área jurídica busca reduzir defasagem no meio virtual

Área jurídica busca reduzir defasagem no meio virtual

Profissionais passam por uma reciclagem para atender às novas demandas
Mais de 30% dos fundadores de startups brasileiras já empreenderam

Mais de 30% dos fundadores de startups brasileiras já empreenderam

Levantamento realizado pela Distrito e a Maya Capital também constatou que 66,8% dos empreendedores já estavam inseridos no ecossistema.
‘Estar na lista das 100 Startups to Watch ajudou a Incentiv.me a captar R$ 10 milhões’

‘Estar na lista das 100 Startups to Watch ajudou a Incentiv.me a captar R$ 10 milhões’

Cofundadora da startup, que é associada AB2L, diz que visibilidade tem sido fundamental para o crescimento da empresa. A edição deste ano está com inscrições abertas.
O poder da animação 3D na área jurídica

O poder da animação 3D na área jurídica

Impulsionado nos dois últimos anos no Brasil, o uso de animação 3D na área jurídica pode oferecer alternativas para solucionar pontos problemáticos na comunicação com juízes e jurados
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.