BuscaJuris anuncia professor de Stanford como novo sócio e board member

A empresa de tecnologia jurídica BuscaJuris agora tem Roland Vogl como sócio e board member
Publicado em
Roland-Vogl

Texto original publicado pela Tiinside

A empresa de tecnologia jurídica BuscaJuris agora tem Roland Vogl como sócio e board member. Diretor executivo do Stanford Program in Law, Science and Technology, além de professor de Direito na mesma universidade, o profissional tem vasta experiência no segmento de legaltech. O executivo fará parte do Board de diretores da BuscaJuris, ajudando em decisões estratégicas e trazendo o que há de melhor no Vale do Silício em inteligência artificial aplicada ao Direito.

O novo passo dado pela BuscaJuris tem como foco o ganho de conhecimento possibilitado pela expertisede Roland Vogl na área. “Nosso novo sócio tem muita experiência, não só em Stanford, mas também na conexão com empresas de tecnologia jurídica dos Estados Unidos, que são benchmark para nós. Por isso, entenderemos melhor o que está sendo feito lá fora para trazer para o Brasil, além de elaborar trabalhos que nem lá fora existem ainda”, explica Fernando Xavier, CEO da BuscaJuris.

Com mais de vinte anos de experiência acadêmica e profissional, Roland Vogl tem vasto conhecimento emtecnologia jurídica. Além da atuação em Stanford, o profissional atualmente também concentra esforços no Centro de Tecnologia Jurídica (CodeX), onde é cofundador. Vogl também é Professor Visitante na Universidade de Viena, na Áustria, e na Universidade Bocconi, na Itália. Na primeira, leciona sobre o direito de propriedade intelectual dos Estados Unidos, e, na instituição italiana, dá aulas sobre direito computacional. O novo sócio da BuscaJuris está no Conselho de Administração das empresas Merico, LexCheck e IPnexus, além de fazer parte do Conselho Consultivo da Lawgood, Lexon, Legaler, Leap-IP e Rulebooks. Roland Vogl também já foi nomeado para o Legal Rebels, respeitado grupo de inovadores jurídicos.

O recente passo dado pela BuscaJuris faz parte da lógica de expansão da empresa, que já conta com mais de 50 mil usuários. Além do novo sócio, a companhia também anunciou recentemente seu mais recente produto, chamado de BuscaJuris Corporate. A ferramenta tem como intuito fornecer a escritórios de advocacia uma busca automatizada por jurisprudências, agilizando o cotidiano dos profissionais do segmento. Nas palavras de Fernando Xavier, fundador e CEO da BuscaJuris, o novo serviço “pode levar o escritório para o próximo nível em relação ao uso de dados e à pesquisa jurídica,trazendo uma inédita funcionalidade de busca automatizada”.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
_113967234_hi031081850

Em resposta ao ChatGPT, Google planeja lançar 20 projetos de inteligência artificial em 2023

A empresa queria ir devagar, mas a ameaça externa da OpenAI acelerou o planos
Captura de tela 2023-01-27 094937

Cinco tendências de tech e ESG apresentadas em Davos

Diversidade e inclusão foram alguns dos principais destaques do relatório sobre o cenário atual do mercado global de tecnologia, lançado durante o Fórum Econômico Mundial
Captura de tela 2023-01-27 094517

“Não há falta de dinheiro para startups”, diz cofundador da Liga Ventures

Guilherme Massa explica que os desafios têm relação com um tempo maior de decisão dos investidores baseado no momento econômico e na busca por retorno
Face recognition AR hologram screen  smart technology

O chat GPT: o que o novo oráculo de delfos tem a dizer aos advogados?

O grande diferencial da ferramenta, como toda ferramenta tecnológica inovadora, será no modo como é utilizada para extrair os benefícios da mesma.
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.