Bielorrússia Acaba com Impostos em Empresas de Criptomoedas e Blockchain

Publicado em

O governo da Bielorrússia aprovou novos estatutos destinados a encorajar o desenvolvimento de empresas envolvidas com criptomoedas e blockchain.

De acordo com a agência de mídia estatal BelTA, em 22 de dezembro, o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, assinou o decreto de desenvolvimento de economia digital que legalmente consagra o uso de tecnologias emergentes como o blockchain, ao mesmo tempo que oferece incentivos fiscais significativos para atrair atividades comerciais.

O decreto, resumido por uma empresa de TI local que defende a legislação, estimula o desenvolvimento do parque de alta tecnologia do país, a zona econômica especial que o governo quer servir como um centro para startups tecnológicas e financeiras.

Um componente da lei fornece uma base jurídica para as empresas que trabalham no desenvolvimento de contratos inteligentes, emissões de token, operações de criptomoedas e mineração -, todas as quais estarão isentas de imposto de renda nos próximos cinco anos.

A lei declara:

“Lucros de várias transações com tokens não são reconhecidos como tributáveis ​​até janeiro de 2023.”

Conforme relatado em julho, o banco central do país já estava considerando vias para bancos domésticos incorporarem o blockchain como parte de um sistema de garantia de transações.

Em outro relatório publicado hoje, o chefe do banco central, Pavel Kallaur, observou o impulso para servir como um lugar para as empresas de criptomoedas se instalarem.

Fonte https://portaldobitcoin.com/bielorrussia-acaba-com-impostos-em-empresas-de-criptomoedas-e-blockchain/

Por Victor Sá

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
BGC

Streamers gamers apostam em um novo nicho: eventos proprietários

Brasil movimentará US$ 2,7 bi em negócios relacionados a games em 2022
carreira_profissoesdofuturo_24022021_Marko-Geber_GettyImages-3-768x512

No pain, no gain: tentativa e erro devem fazer parte da cultura das empresas da era digital

Atualmente as empresas procuram desencadear transformações digitais e se beneficiar de infraestruturas escaláveis e ágeis
acordo-online-negociacao-aperto-maos

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
jus-gif-2

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.