ANPD divulga listas tríplices para o CNPD

Publicado em
ANPD divulga listas tríplices para o CNPD

O Conselho é uma das prioridades da ANPD e a divulgação das informações sobre a sua composição está dentro do compromisso da Autoridade com a transparência e com a participação social, princípios, dentre outros observados durante todo o processo de formação das listas tríplices, consubstanciado nas etapas de publicação de editais no DOU; criação de canal de e-mail para recebimento de dúvidas; publicação de esclarecimentos no site da ANPD; identificação de critérios para escolha (representatividade e experiência); realização de audiência com interessados; e-mail para apresentação de documentação complementar dos candidatos; e divulgação da lista de candidatos e de seus currículos no site da ANPD. Além disso, os comentários à lista de candidatos foram considerados.

A decisão foi unânime pelo Conselho Diretor, o que confere maior legitimidade à deliberação.

As listas, organizadas por ordem alfabética, serão encaminhadas para a Presidência da República que escolherá, de cada uma delas, um titular e um suplente.

Clique aqui e acesse as listas tríplices.

Fonte: gov.br

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Plataformas de ODR agilizam conciliação online e facilitam acordos entre as partes

Daniel Marques, diretor executivo da AB2L fala para a Conjur
PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

PNUD e Jusbrasil assinam parceria para pesquisas sociais no Brasil

O Jusbrasil assinou uma nova parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no intuito de ampliar as ações relacionadas ao cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável de número 16
Soft skills para advogados: descubra as 12 habilidades essenciais para crescer na advocacia

Soft skills para advogados: descubra as 12 habilidades essenciais para crescer na advocacia

O que são soft skills, porque elas são importantes e quais são as principais para os advogados.
Judicialização das relações de consumo: ruim para empresa e cliente

Judicialização das relações de consumo: ruim para empresa e cliente

A judicialização tem custos sociais, financeiros e na credibilidade das empresas. A busca pelo consenso, principalmente através do bom atendimento, foi tema de painel no Conarec 2022
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.