AB2l participa de evento na procuradoria do Banco Central

Publicado em
AB2l participa de evento na procuradoria do Banco Central

O presidente da Associação Brasileira de lawtechs e legaltechs (AB2L), Bruno Feigelson, palestrou no dia 14 de dezembro, em Brasília, para a procuradoria do Banco Central do Brasil. O tema foi a inovação e transformações tecnológicas no setor jurídico.

O debate foi com o time jurídico, que segundo Bruno Feigelson, contribuirá com a regulação do sistema financeiro exponencial. “Fintechs, cryptomoedas e blockchain serão temas cada vez mais recorrentes em 2018”, afirmou.

A participação em eventos desse nível reforça a atuação e objetivos da Ab2l, como o contínuo desenvolvimento de um ambiente de tecnologia e inovação na prática jurídica e a formação de um ecossistema de inovação na área jurídica.

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
O que é Web 3.0 e como ela se relaciona com o mercado de criptoativos

O que é Web 3.0 e como ela se relaciona com o mercado de criptoativos

A internet está passando por uma nova reformulação, chamada de Web 3.0. Confira o guia do InfoMoney sobre o assunto
Como utilizar suas conexões para impulsionar o perfil no LinkedIn

Como utilizar suas conexões para impulsionar o perfil no LinkedIn

Texto original de Mariellen Romero,  publicado por táLIGADO Você sabia que a base de crescimento do LinkedIn, bem
Brasil figura entre os países mais inovadores do mundo para o setor jurídico

Brasil figura entre os países mais inovadores do mundo para o setor jurídico

O surgimento de novos modelos de contratos e petições criados através de técnicas de Visual Law e com foco na facilitação da comunicação e inclusão da população colocam o país na linha de frente da inovação jurídica mundial.
Villa Visual Law Studio, empresa associada à AB2L, vence premiação internacional com projeto de Visual Law

Villa Visual Law Studio, empresa associada à AB2L, vence premiação internacional com projeto de Visual Law

Texto original de Rui Caminha A tecnologia que impulsiona avanços em diferentes setores da economia também tem impactado o
EMPRESAS ALIADAS

Receba nossa Newsletter

Nossas novidades direto em sua caixa de entrada.