5 soft skills que um advogado precisa desenvolver

As soft skills são cada vez mais importantes para um advogado e todo profissional que deseja evoluir e se manter atualizado precisa conhecer  – e desenvolver – elas para se manter competitivo no mercado a cada dia mais exigente.

Mais do que o presente, elas ajudam a se preparar para o futuro e por isso saber mais sobre elas é essencial na sua carreira. Para te ajudar nessa caminhada, separamos X soft skills que são bem importantes e que todos advogados precisam aprender ou aprimorar para seguir crescendo.

Vamos nessa!

A importância das soft skills

Conhecimento nunca é demais. Dizem que é melhor saber de algo e não precisar do que precisar e não saber, mas a verdade é que nos dias atuais é quase impensável não ter boas habilidades interpessoais.

Elas te ajudam em diversos momentos e melhoram o seu desempenho profissional ao cuidar de questões que vão muito além do conhecimento técnico sobre leis, regras, normas, etc.

As soft skills estão diretamente ligadas à sua personalidade, pensamento crítico, capacidade de adaptação e demais fatores que influenciam na sua performance profissional.

Elas não deixam de lado ou minimizam as hard skills, visto que a parte técnica é de extrema importância para um profissional do direito. O que acontece é que as soft skills são essenciais para que você possa melhorar como um todo e consiga obter os resultados desejados com mais facilidade.

Soft skills que todo advogado precisa desenvolver

Vamos deixar o Vade Mecum de lado por alguns instantes e focar em aprender mais sobre aquilo que também é importante, mas que nem sempre os cursos, livros e apostilas fazem questão de lembrar.

Conheça agora as cinco soft skills que todos advogados devem desenvolver:

Liderança

10 entre 10 simpósios, summits e convenções do mundo corporativo vão falar sobre a liderança e a importância desse papel para uma companhia. Não à toa, posições como esta costumam ser muito valorizadas e cobiçadas pelos profissionais.

Mas ser um líder não é tão fácil assim, pois é preciso se preparar adequadamente para exercer essa função com competência. Esse papel demanda uma capacidade bem grande de tomar boas decisões, pensar coletivamente e manter um bom relacionamento com os outros integrantes da equipe.

Profissionais que se destacam como bons líderes costumam ser muito bem vistos e possuem grandes chances de subir na carreira.

Inteligência emocional

Nem todo o conhecimento técnico do mundo é suficiente quando não se cuida da inteligência emocional. A capacidade de lidar com os próprios sentimentos tem sido levada a sério nos últimos anos e aqueles que fazem isso acabam se sobressaindo em um mercado que não é fácil.

Ter dias ruins ou estressantes faz parte da vida de qualquer pessoa e é impossível evitá-los completamente. Porém, é o jeito como você lida com eles que faz toda a diferença no seu dia a dia.

Uma boa inteligência emocional te ajuda a render mais no trabalho e fora dele, melhora a sua capacidade de adaptação às mudanças e o torna muito mais eficiente em diversos outros pontos.

Resiliência

Aguentar os momentos ruins é uma capacidade que poucos têm e que todos desejam desenvolver. Sofrer um revés não é legal e não há nada que possa ser dito para amenizar uma situação como essa, mas é depois delas que saímos fortalecidos, calejados e com mais experiência para enfrentar as próximas batalhas.

Não desistir é o primeiro passo para seguir crescendo, aprendendo e evoluindo. Por pior que seja, toda falha acaba deixando alguma lição que pode ser usada mais para frente e evitar um erro ainda maior.

Aprimorar a sua capacidade de resiliência irá te transformar em um advogado mais preparado para os grandes momentos e é definitivamente uma das soft skills mais importantes para se trabalhar.

Empatia

Se colocar no lugar do outro não é algo que muitas pessoas conseguem, mas é de extrema utilidade para um advogado. Isso te ajuda a enxergar o mundo com outros olhos e a sentir a dor que o outro está passando, dando assim mais informações e uma visão mais ampla do quadro.

Isso só acontece quando você demonstra um genuíno interesse no problema alheio e se dispõe a entender o que ele está passando, qual é a situação e o que pode ser feito para aquilo se resolver.

Comunicação

Saber se comunicar é uma soft skill que muda a carreira de um advogado e que você precisa se preocupar. Ela possui uma aplicação prática em diversos momentos e ajuda a compreender melhor os outros e também a se fazer entender.

Seja falando com colegas de escritório, com um cliente ou até mesmo com um juiz, ser um bom comunicador é um dos fatores que transformam um bom advogado em um grande advogado.

Um bom comunicador precisa gostar de ler, conversar e ouvir também. Saber quando deixar o outro falar é essencial para conduzir uma boa conversa e torná-la mais produtiva.

Todas elas são importantes e possuem uma aplicação prática na rotina profissional de uma advogado. As soft skills são essenciais em diversos momentos e são fundamentais para que todo o conhecimento obtido com as hard skills seja muito mais bem utilizado também.

Para saber mais sobre como aprimorar a sua carreira é só conferir o nosso blog e ficar por dentro dos melhores conteúdos sobre o assunto.

Comentários

Comentários